Palmas, Tocantins -
Luto
823 visualizações

José Maria das Neves, desembargador aposentado do TJ-TO morre aos 79 anos

Procedimentos relacionados ao velório e ao sepultamento em Palmas ainda estão sendo decididos pela família e serão informados em breve
- Atualizada em
Divulgação Ascom TJ TO

Faleceu nesta terça-feira, 22, em Brasília (DF), onde estava em tratamento de saúde, aos 79 anos de idade, o desembargador aposentado José Maria das Neves. Ele aposentou-se em 2010. O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO) lamentou o falecimento do desembargador e informou que os procedimentos relacionados ao velório e ao sepultamento em Palmas ainda estão sendo decididos pela família e serão informados em breve.

 

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) também lamentou o falecimento do desembargador, que é pai do diretor do Foro da Comarca de Goiânia, juiz Paulo César das Neves.

 

José Maria e o presidente do TJ-GO, Walter Carlos Lemes, ingressaram na magistratura pelo mesmo concurso, em 1981, tendo acumulado mais de 30 anos de experiência na carreira.

 

Nascido em Tupaciguara (MG), em 23 de abril de 1940, José Maria das Neves foi nomeado desembargador do TJ-TO pelo decreto governamental, nº 54, de 5 de janeiro de 1989, sendo eleito presidente da Corte Judiciária tocantinense no dia 1º de fevereiro de 1993.

 

Sua gestão foi marcada por investimento em tecnologia que permitiu a informatização dos processos em trâmite no Tribunal. Foi ainda o primeiro presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO).

 

Em mais de 30 anos de Magistratura, o desembargador fez parte da história do Estado, sendo juiz das Comarcas de Araguatins, Araguaína, Xambioá e Filadélfia.

 

 

TRE decreta Luto Oficial de três dias

 

Durante a sessão do Pleno, na tarde desta terça-feira, 22, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargador Eurípedes Lamounier, declarou Luto Oficial de três dias, no âmbito da Justiça Eleitoral do Tocantins, em razão do falecimento do desembargador aposentado, uma vez que ele foi o primeiro presidente do TRE-TO.

 

Ao anunciar o luto oficial, o presidente do TRE-TO ressaltou os principais feitos do magistrado ao longo dos 30 anos de carreira e destacou a sua contribuição para com a Justiça Eleitoral no estado. “Ficam aqui nossas condolências e gratidão por tê-lo como colega desde a instalação do Estado do Tocantins. O desembargador José Maria das Neves era muito determinado e fica o exemplo para que todos sigamos, de uma pessoa que sempre se pautou pela lisura, disciplina e acima de tudo lealdade”, afirmou.

 

O corregedor regional Eleitoral, desembargador Marco Villas Boas, também fez uso da palavra para homenagear o magistrado. “Um juiz muito justo, ponderado. Ele tinha uma consciência muito grande da jurisdição e uma visão de gestão. A prova disso é que à frente do Tribunal de Justiça e do Tribunal Regional Eleitoral conseguiu a construção do prédio do TJ e aqui a implantação de um sistema de controle de qualidade. Deixo minha homenagem à família; peço a Deus que console a todos e que o receba na plenitude da eternidade”, disse.

 

 

PESAR:

 

Tribunal de Justiça do Tocantins: “Neste momento de grande tristeza, o Tribunal externa seu pesar e roga a Deus conforto aos corações dos familiares e amigos”.

 

Cinthia Ribeiro, prefeita de Palmas: “O Tocantins se entristece com a perda de uma das personalidades mais ilustres do Poder Judiciário, o desembargador aposentado Dr. José Maria das Neves. A imagem que tenho do Dr. José Maria é a de um homem ponderado que aplicava a filosofia do Direito com todo rigor ético e julgava com firmeza, serenidade e sabedoria. Tenho certeza que sua lealdade à lei ficará como um grande legado ao próprio Tribunal de Justiça (TJ), nas pessoas que o sucederam seja na magistratura ou no quadro funcional daquele poder, junto aos operadores do Direito e de toda a classe jurídica do Estado. Desembargador pioneiro, Dr. José Maria da Neves será reconhecido pela história pela sua visão de futuro e a forma arrojada com que dirigiu tanto o TJ quanto o Tribunal Regional Eleitoral (TER), dotando-os de tecnologia quando esse assunto ainda era incipiente no Estado em criação. Nesse momento de dor e consternação pública, invoco a Deus para que o acolha e console seus familiares e amigos por tão triste perda”.

 

Deputado federal Vicentinho Júnior e família: “Manifesto o nosso profundo pesar pelo falecimento do desembargador José Maria das Neves. Pioneiro no Tocantins, o jurista se notabilizou pela competência, seriedade e ética profissional, deixando um legado de relevantes serviços prestados. Lamentamos o ocorrido e nos solidarizamos com os filhos, familiares e amigos.”

 

Walter Nunes Viana Junior, superintendente do Procon Tocantins: “É com profunda tristeza que recebemos a notícia do falecimento do Desembargador aposentado, José Maria das Neves, ocorrido na tarde desta terça feira,22, em Brasília. Jurista honrado nos deixa um legado de referência em todas as atividades exercidas em favor da consolidação da justiça no Estado do Tocantins. Nesse momento de dor me solidarizo com a família rogando a Deus que conforte o coração de todos”.