Palmas, Tocantins -

Estado


Em Araguaína
299 visualizações

Mais de 100 municípios debatem sobre Educação com Bancada Federal e Milton Ribeiro

O ministro da Educação esteve presente com o presidente do FNDE, Marcelo Ponte, para atender prefeitos e secretários para liberação de recursos do Governo Federal
- Atualizada em
Marcos Sandes/Ascom Prefeitura de Araguaína

Araguaína reuniu nesta segunda-feira, 27, mais de 100 representantes dos municípios do Estado, além de educadores e gestores de ensino para o evento “Melhorias na Educação - atendimento aos prefeitos do Tocantins”, realizado no Centro Universitário Tocantinense Presidente Antônio Carlos (Unitpac). Organizado pela Bancada Federal do Tocantins e Prefeitura, o encontro contou com a participação do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Ponte.
 
“Para algumas prefeituras pequenas, o orçamento de deslocamento para Brasília, de uma equipe de 4 a 5 pessoas, é de R$ 15 a 20 mil e esse valor faz diferença. É muito mais fácil as cidades do entorno se reunirem aqui e a gente fazer o mesmo atendimento. Não é só informação, por meio da equipe do FNDE nós temos resolução, aqui decisões são tomadas”, afirmou o ministro Milton Ribeiro.
 
A referência em Educação foi destacada pelo prefeito de Babaçulândia, Franciel de Brito Gomes, em outros momentos. “Araguaína tem sido parceira no desenvolvimento em toda região, nos ajudando em outros eventos e também em outros encontros, como com o ministro do Turismo, que esteve aqui há pouco tempo”.

Algumas novidades para a Educação foram apresentadas no evento pelo presidente do FNDE, Marcelo Ponte, que falou, entre outros assuntos, sobre os novos projetos padronizados para construção de unidades escolares. O novo modelo pretende reaproveitar a água da chuva, usar energia solar, ter climatização e quadra poliesportiva.
 
Em Araguaína, a maioria das escolas e creches já reutilizam a água expelida pelo aparelho de ar-condicionado, que estão instalados em todas as salas de aula na rede municipal de ensino, inclusive na zona rural. O município construiu três ginásios com padrão de excelência, colocou cobertura nas quadras e a Escola Municipal Joaquim Carlos Sabino, no Lago Azul, é a primeira a gerar energia fotovoltaica.
 
“Araguaína é uma cidade organizada que vem fazendo o dever de casa, o que é muito importante, juntar as duas pontas: Governo Federal e município”, analisou o presidente.
 
Ampliando a infraestrutura


Com o investimento, o número de vagas na rede municipal de ensino saltou de 12 para mais de 25 mil alunos. Nos últimos anos, a Prefeitura de Araguaína entregou 16 novas unidades de ensino, além de reformar e ampliar as outras unidades já existentes. Atualmente, há a construção duas escolas de tempo integral na Vila Azul e Araguaína Sul e outras duas unidades nos assentamentos Manoel Alves e Paraíso.
 
Reconhecimento


O resultado do investimento veio com vários prêmios a nível nacional pela evolução nos seus índices educacionais, como o Prêmio Excelência em Educação do Instituto Ayrton Senna, Prêmio Nise Silveira, entregue pela Câmara dos Deputados, e o Prêmio Excelência em Gestão Pedagógica e em Infraestrutura.