Palmas, Tocantins -
NA SAÚDE
5.547 visualizações

Médico relata em rede social falta de atendimento a emergência por diretor do HGP

Conforme o relato do médico, o diretor do HGP, Daniel Hiramatsu, compareceu ao hospital para atender ao chamado de emergência 11 horas depois da solicitação
- Atualizada em
Diretor do HGP xinga médico e se nega a atender emergência no hospital Divulgação

Nesta terça-feira, 15, o assunto mais comentado e compartilhado nas redes sociais em Palmas foi referente às postagens do médico Luciano de Castro Teixeira, que relatou em sua página pessoal no Facebook uma situação relacionada ao diretor do Hospital Geral de Palmas, Daniel Martins Hiramatsu, sobre o atendimento a pacientes. O diretor é especializado em cirurgia de cabeça e pescoço e não teria comparecido ao chamado de urgência na madrugada desta terça-feira, 15, quando estava de sobreaviso. 

 

De acordo com o médico Luciano de Castro, o diretor do HGP “está de sobreaviso para avaliar uma paciente com tumoração no pescoço, com suspeita de abscesso, e ao falar comigo no telefone, falou que viria amanhã. Então, eu lhe informei que era urgência e deveria comparecer em no máximo 30 minutos”, explica trecho do texto que acompanhou a transmissão ao vivo, realizada na página pessoal do Facebook de Luciano.

 

O Portal T1 Notícias entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde, solicitando um posicionamento do médico e do Estado, que em nota informou que “até o presente momento não recebeu nenhuma denúncia formal a respeito do caso e que, se acionada, serão percorridos os caminhos jurídicos/administrativos pertinentes”.

 

Luciano de Castro ainda conta que ao explicar que era emergência, o Dr. Daniel Hiramatsu teria proferido xingamentos, direcionados a sua pessoa. Luciano de Castro insistiu no atendimento da emergência e gravou vários vídeos onde tentava contatar o chefe do hospital e continuou as gravações até a chegada do diretor. O primeiro contato foi feito por volta das 2h da madrugada desta terça-feira, 15. Às 8h38 da manhã, Luciano procurou a diretoria do hospital, já que Daniel Hiramatsu informou que compareceria naquele horário, mas o diretor do HGP só compareceu ao hospital por volta das 13h, 11 horas depois do chamado e da viralização das gravações. Na internet os vídeos já passam de 400 compartilhamentos e 20 mil visualizações.