Palmas, Tocantins -

Estado


Operação Reis do Gado
3.727 visualizações

Ministro libera da prisão quatro dos sete presos da Operação Reis do Gado

A prisão temporária tem prazo de duração de cinco dias e venceria neste sábado
- Atualizada em
Descrição: Família Miranda Divulgação

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) relator da Operação Reis do Gado, Mauro Campbell, revogou a prisão de quatro presos, nesta sexta-feira, 2. São eles: José Edmar Brito Miranda Júnior, o Júnior Miranda, irmão do governador; o secretário estadual de Infraestrutura, Sérgio Leão; o diretor de compras e licitação da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Carlos Gomes Cavalcante Mundim Araújo, e Alex Câmara, o contador. Outros três investigados na Operação permanecem presos na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

 

Dos oitos mandados de prisão temporária, sete foram cumpridos. Os investigados foram presos na segunda-feira, 28, quando a Polícia deflagrou a Operação. O oitavo mandado de prisão temporária é para Marcus Vinícius Lima Ribeiro, empreiteiro e também investigado na Operação Ápia, é considerado foragido pela Polícia.

 

A Justiça Federal em Palmas não tinha informação se a revogação se estende aos demais presos, pois o processo tramita no Superior Tribunal de Justiça.

 

A prisão temporária tem prazo de duração de cinco dias e venceria neste sábado.