Palmas, Tocantins -
Na Assembleia

Mourão diz que com ações, comissão especial pretende dobrar o PIB do Tocantins

Presidida pelo deputado Paulo Mourão, comissão especial vai estruturar novas políticas públicas, econômicas e sociais que possibilitem ao Estado do Tocantins dobrar seu PIB na próxima década
- Atualizada em
Deputados discutem ações para melhorar economia do Estado T1 Notícias

Deputados e convidados se reuniram, na manhã desta terça-feira, 16, na Assembleia Legislativa (AL) para instituir comissão especial, no intuito de propor soluções para alavancar a economia do Tocantins. Presidente da comissão, o deputado Paulo Mourão explicou que o objetivo principal é “fazer um novo ordenamento administrativo, social, político e econômico do Estado”.

 

“Pretendemos fazer uma discussão para dobrar o Produto Interno Bruto (PIB) do Tocantins. Nós queremos um acompanhamento mais efetivo e eficiente do orçamento do Estado, em termos de elaboração e execução”, acrescentou Mourão.

 

Para esse debate, foi formada uma comissão especial nomeada de “Estudos para o novo ordenamento econômico, administrativo, social e político do Estado do Tocantins”.

 

Das metas que se pretendem alcançar com esse esforço dos deputados, estão a retomada da confiança de um Tocantins eficiente, dobrar a renda do Estado, a redução de desigualdades sociais, desenvolver tecnologias inovadoras e promover a sustentabilidade ambiental.

 

Durante o encontro, o presidente da comissão, que também é relator de todas as temáticas, apresentou aos demais membros da comissão à nomeação dos sub-relatores e temas definidos para cada um.

 

Os temas a serem trabalhados daqui pela frente foram divididos aos respectivos deputados: Valdemar Junior e Elenil da Penha ficaram com “Políticas de desenvolvimento, projetos estruturais de investimento, cadeias produtivas e sustentabilidade”.

 

“Políticas fiscal, tributária, de pessoal e previdenciária” com os deputados Osires Damaso e Luana Ribeiro; “Políticas de educação, ciência, tecnologia e inovação e cultura empreendedora”, com Alan Barbiero e Eli Borges; “Políticas de segurança pública, defesa e inclusão social”, com Solange Duailibe  e Olyntho Neto e “Política de saúde e bem-estar”, com Paulo Mourão e Valderez Castelo Branco.

 

Entre as ações para que essas metas se tornem reais, está a realização de reuniões com a presença dos sub-relatores. “As reuniões serão feitas de forma plural, onde setores não organizados e, principalmente, os organizados da sociedade possam participar e também a sociedade acadêmica” declarou Paulo Mourão.