Palmas, Tocantins -

Estado


Após Justiça determinar multa
1.315 visualizações

Musafir checa realização de exames em hospitais de Palmas e aponta normalidade

A vistoria acontece após a Justiça determinar fixação de multa pessoal ao secretário, no valor de 10 salários mínimos, por descumprimento de ordem judicial para o restabelecimento dos serviços
- Atualizada em
Descrição: Exames são realizados em Palmas Foto: Ascom/Sesau

O secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, e uma equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde vistoriaram, durante este sábado, 17, os laboratórios e posto de coletas do Hospital Geral de Palmas (HGP), Hospital e Maternidade Dona Regina e Hospital Infantil de Palmas (HIP). Conforme a Sesau, a ação constatou que todos os pacientes estão sendo atendidos e os exames laboratoriais realizados normalmente.

 

A vistoria acontece após a Justiça determinar fixação de multa pessoal ao secretário, no início da noite desta sexta-feira, 16, no valor de 10 salários mínimos, por descumprimento de ordem judicial para o restabelecimento dos serviços de exames laboratoriais nos hospitais públicos de Palmas e Porto Nacional. Ainda foi determinado o prazo de 48 horas para que os serviços fossem regularizados. A decisão da Justiça atendeu a pedido da Defensoria Pública do Tocantins, que havia solicitado que o Estado restabelecesse os serviços de exames laboratoriais no Hospital Tia Dedé e Hospital Regional de Porto Nacional, no Hospital e Maternidade Dona Regina, Hospital Infantil de Palmas e Hospital Geral de Palmas.

 

“Estamos visitando as unidades para verificar se nossos pacientes estão sendo atendidos com os exames laboratoriais e percebemos que tudo está correndo dentro da normalidade. O laboratório é altamente moderno, automatizado e garante qualidade  e segurança ao resultado do exame”, disse o secretário neste sábado.

 

A Sesau informou que realizou licitação para a contratação de serviços laboratoriais para atender os hospitais de Palmas, “tendo em vista que a grande quantidade de pacientes atendidos nas unidades excedeu o saldo contratual com o laboratório que prestava esse serviço”. Conforme a pasta, o processo licitatório foi feito por meio de critérios técnicos, dentro da legalidade, e sem aumento de despesas para a Saúde. “O antigo laboratório recebia o preço pago conforme a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) acrescido 30%  do valor dessa mesma tabela. Com a nova licitação, conseguimos contratar outro serviço pagando exclusivamente o preço da tabela SUS, gerando mais economia”, explicou Musafir.

 

A diretora do Hospital Dona Regina, Débora Petry, informou que desde que ocorreu a troca do laboratório todos os exames estão sendo ofertados na unidade. “Não tivemos nenhum tipo de problema e aqui no hospital está tudo correndo muito bem, todas as nossas pacientes estão sendo atendidas”, disse. Conforme a Sesau, a realização dos exames também está normalizada no Hospital Infantil e HGP, onde o exame de gasometria está à disposição dos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Sala Vermelha e Centro Cirúrgico.

 

O secretário de Saúde informou ainda que “os exames estão sendo realizados e a população pode ficar tranquila e segura. Aproveitamos para lembrar que os hospitais estaduais são de alta complexidade e que o ideal é que em casos menos complexos o usuário se dirija primeiro as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). Para atender aos casos de maior gravidade estamos com equipe preparada, altamente capacitada, exames sendo feitos e médicos de plantão e assim será também no período de Natal e do Ano Novo”, reforçou.