Palmas, Tocantins -

Estado


Enchentes
154 visualizações

No Tocantins, 1.381 pessoas estão desalojadas; Defesa Civil segue com monitoramento

Atualmente, 30 municípios impactados pelas chuvas estão sendo monitorados, mas a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros também estão acompanhando outras regiões com problemas em razão das enchentes
- Atualizada em
Divulgação/Corpo de Bombeiros

A Defesa Civil, em boletim divulgado na manhã desta sexta-feira, 14, informou que em virtude das enchentes, o Tocantins tem 543 pessoas desabrigadas (que estão em abrigos públicos) nos municípios de Araguanã, Formoso do Araguaia, Itaguatins, São Miguel, Rio dos Bois e Pedro Afonso.  

 

Outras 1.381 pessoas estão desalojadas (que estão em casa de parentes, amigos e ou vizinhos) em Araguanã, Axixá, Dois Irmãos, Esperantina, Lajeado, Paranã, Rio dos Bois, Pedro Afonso, Tupirama, Tupiratins, Palmeirante, Bom Jesus, São Sebastião, São Miguel, Sampaio e Itaguatins. 

 

Atualmente, 30 municípios impactados pelas chuvas estão sendo monitorados, mas a Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros também estão acompanhando outras regiões com problemas em razão das enchentes e inundações.

 

Quatro municípios do Estado tem equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil atuando no dia de hoje (Região do Bico, Centro-Norte, Região Central), porém com a possibilidade de atender municípios vizinhos (para a região do Bico do Papagaio).

 

Balanço das ações da força-tarefa

 

A Força-Tarefa da Operação Enchente se reuniu nesta quinta-feira, 13, para apresentar os seus esforços empreendidos e as próximas medidas a serem adotadas. A reunião foi conduzida pelo comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Carlos Eduardo de Souza Farias, que apresentou o panorama atual.

 

Ao todo são 39 municípios sendo monitorados, com sete equipes em campo e uma fixa na cidade de São Miguel, cidade mais impactada até o momento. 

 

Farias esclareceu ainda, que segundo as previsões da Agência Nacional das Águas (ANA), as chuvas mais intensas seguirão até o próximo domingo, 16, e posterior a esta data haverá um intervalo de uma semana sem chuvas. Após esse período, as chuvas voltarão a ocorrer dentro do esperado para o período fevereiro e março.

 

Para a reconstrução do cenário pós período de chuvas, o comandante informou que o Governo do Estado está buscando recursos junto ao governo federal por meio do Decreto de Situação de Emergência. O município de Paranã também declarou situação de emergência por meio de Decreto, que já foi reconhecido pelo governo federal, assim, o município pode pleitear recursos diretos junto à Defesa Civil Nacional para a recuperação dos cenários. São Miguel do Tocantins ainda espera o reconhecimento do governo federal para a mesma finalidade.

 

Resumo

 

RESUMO BOLETIM DIÁRIO - ENCHENTES/INUNDAÇÕES NO TOCANTINS – 14/01/2022


DESABRIGADOS: 543 (pessoas que estão em abrigos públicos)


(Araguanã, Formoso do Araguaia, Itaguatins, São Miguel, Rio dos Bois e Pedro Afonso)


DESALOJADOS: 1.381 (pessoas que estão em casa de parentes, amigos e ou vizinhos)


(Araguanã, Axixá do Tocantins, Dois Irmãos, Esperantina, Lajeado, Paranã, Rio dos Bois; Pedro Afonso; Tupirama; Tupiratins; Palmeirante; Bom Jesus; São Sebastião; São Miguel; São Sebastião, Sampaio e Itaguatins)


04 municípios com equipes do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estarão atuando no dia de hoje (Região do Bico, Centro-Norte, Região Central), porém com possibilidade de atender municípios vizinhos (para a região do Bico do Papagaio)


30 municípios com acompanhamento mais de perto, porém a Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros monitora todas as regiões com problemas em razão das enchentes e inundações.


Fechamento em 14/01/2022 – 08h35