Palmas, Tocantins -

Estado


Empresário industrial

Pesquisa da Fieto indica que empresário tocantinense segue otimista

Conforme a Fieto, contribuíram para esse resultado as condições atuais da economia e dos negócios, bem como o avanço da imunização da população contra a Covid-19.
- Atualizada em
Adilvan Nogueira

Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), apresentou aumento ao registrar 65 pontos no mês de junho. Em comparação com o mês anterior houve um crescimento do índice de 3, 2 pontos, e ficou 18 pontos acima do resultado alcançado no mesmo período do ano passado. Os números indicam que os empresários tocantinenses se mostram confiantes para os próximos seis meses, com índice acima da linha divisória dos 50 pontos.

 

O estudo aponta ainda que tanto o indicador de Condições Atuais quanto o de Expectativas, componentes do ICEI, aumentaram em junho, contribuindo para a permanência da confiança dos empresários. O primeiro passou de 51, 9 pontos para 58, 3 pontos, de maio para junho deste ano, e o segundo, que em maio ficou em 66,7 pontos, em junho passou para 68, 4 pontos.

 

Esses resultados revelam que na visão dos empresários tocantinenses entrevistados houve uma melhoria nas condições atuais da economia brasileira e de seus negócios em comparação com os últimos seis meses e que as expectativas são otimistas. No cenário nacional, o ICEI ficou em 61 7 pontos.

 

“A melhora nas condições atuais da economia brasileira e nos negócios, na percepção dos empresários consultados, aliado ao avanço da imunização da população contra a Covid-19, contribuíram para o aumento da confiança do segmento para os próximos seis meses”, avalia Gleicilene Bezerra da Cruz, técnica em pesquisa da Fieto.