Palmas, Tocantins -

Estado


Escuta

Pesquisa do Sebrae analisa relacionamento da instituição com a imprensa

A Pesquisa de Escuta mapeou as necessidades e expectativas de profissionais de comunicação do estado, além de públicos estratégicos da instituição
- Atualizada em
Da Web

O relacionamento com a imprensa foi um dos tópicos abordados em uma pesquisa do Sebrae Tocantins para estruturar as necessidades e expectativas da instituição. A “Pesquisa de Escuta das Partes Interessadas” também sondou empresários de pequenos negócios, fornecedores, parceiros, controladores e clientes. Com os resultados, o Sebrae busca melhorar as relações com esses públicos.

 

Os profissionais de comunicação destacaram como necessidades na relação com o Sebrae: a apresentação de casos de sucesso, o acesso a informações e dados, a viabilização de parcerias com os veículos de imprensa e o investimento em mídias. Estes foram os pontos mais citados na pesquisa.

 

“A Imprensa esteve nessa sondagem como público intermediário ativo entre comunidade e poder público. Os resultados dessa pesquisa mostraram o que profissionais esperam do Sebrae, já que as ações de comunicação são fundamentais na tomada de decisão da instituição”, explicou a analista técnica do Sebrae, Flávia Cappellesso.

 

 

Sebrae em 2020

 

Os resultados da pesquisa já estão sendo aplicados e nortearão as ações do Plano de Comunicação do Sebrae Tocantins para 2020. Na última sexta-feira, 7, o superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, se reuniu com os profissionais de comunicação de Araguaína. “Estamos trabalhando na construção de um relacionamento cada vez mais próximo com a imprensa tocantinense. Os investimentos iniciaram em 2019 e para esse ano já iniciamos a construção de uma agenda participativa e integrada”, destacou acrescentando que fará um encontro nas regionais de todo o Estado ouvindo os parceiros e a imprensa.

 

 

Sobre a Pesquisa

 

A Pesquisa de Escuta das Partes Interessadas é um instrumento utilizado pelo processo Gestão de Partes Interessadas, que tem como objetivo identificar as necessidades e expectativas dos públicos de interesse da instituição para redirecionar a estratégia da instituição para um atendimento de qualidade aos requisitos desse público. A coleta foi realizada em outubro de 2018, em todo o Estado do Tocantins.