Palmas, Tocantins -

Estado


Luto
837 visualizações

Pioneiro na comunicação do Estado, jornalista Elson Caldas morre vítima de câncer

Jornalista e repórter fotográfico, Elson Pereira Caldas faleceu na noite deste sábado, 20, em Palmas, aos 61 anos.
- Atualizada em
Divulgação

Faleceu em sua residência, em Palmas, neste sábado, 20, o jornalista e fotógrafo Elson Pereira Caldas, de 61 anos, em decorrência de um câncer no intestino.

 

Natural de Goiânia (GO) e pioneiro em Palmas, Elson foi um dos primeiros fotógrafos a integrar o quadro de servidores do Governo do Tocantins, onde trabalhou na Secretaria da Comunicação Social (Secom) de 1994 até 2017, quando se aposentou devido o agravamento da doença.

 

No cargo de fotógrafo do Estado, Elson Caldas registrou os principais fatos políticos do Tocantins.

 

Em nota, o governador Mauro Carlesse lamentou a morte do servidor. “Pioneiro na Comunicação do Estado do Tocantins, Elson Caldas viu o nascer do Estado e muito trabalhou por seu crescimento. Deixa, entre os que o conheceram e trabalharam ao seu lado, pioneiros e atuais, a imagem do servidor honrado que tudo fez para que a história do Tocantins fosse eternizada.Nesse momento de saudades e pesar, rogo a Deus, que por meio de seu Santo Espírito, console os corações de seus familiares, amigos e servidores que com ele conviveram” solidarizou Carlesse.

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (SINDJOR-TO) também emitiu nota de pesar pela morte do repórter fotográfico. "Pioneiro, chegou em 1989 ao Tocantins, e começou a trabalhar na Secretaria de Comunicação do Estado ainda em Miracema, de onde diariamente vinha a Capital, fazer registros e acompanhar o governador do Estado. Era um fotojornalista primoroso, seu trabalho ganhou o mundo, e sempre foi elogiado por conseguir os ângulos mais difíceis e impensáveis. Emprestou seu talento para mostrar a diversidade e riqueza do Tocantins até 2017, quando se aposentou já por conta da doença.Pelos amigos era conhecido pelo apelido de "cachorrão', isso por ter um gênio forte, e ser incisivo nas suas declarações. Foi sindicalista ativo. Recebeu duros golpes da vida com a perda da primeira esposa e do filho Thiago. Nesse sábado, perdeu a luta para o câncer e deixa um vazio e saudades na filha, familiares e nos amigos" disse.

 

Demais notas de pesar 

 

Secretário de Estado da Comunicação do Tocantins, Élcio Mendes: A Secretaria de Estado da Comunicação do Tocantins, em nome de todos os seus servidores, atuais e pioneiros, lamenta, com muito pesar, o falecimento do servidor, o jornalista e repórter fotográfico Elson Pereira Caldas, na noite deste sábado, 20. Elson Caldas é um pioneiro na Comunicação do Estado do Tocantins, sendo servidor efetivo da Secom desde 1994. Sempre muito sorridente, Elson Caldas sempre foi muito querido por todos os colegas que com ele conviveram, dos pioneiros aos mais recentes. Fica, além da saudade, o legado de um servidor que sempre lutou pela categoria e pelo crescimento do Estado, registrando e ajudando a construir a história do Tocantins. Que nosso eterno e bondoso Deus console os corações de seus familiares, amigos e dos colegas que tiveram o privilégio de trabalhar e conhecer Elson Caldas.

 

Deputado Estadual Valdemar Júnior: É com pesar que lamentamos profundamente o falecimento de um dos nomes mais importantes da fotografia Tocantinense, o repórter fotógrafo Elson Caldas. Elson era querido por todos, pelo seu jeito irreverente e engraçado de ser. Ele foi um dos primeiros fotógrafos a integrar o quadro de servidores do governo do Tocantins, onde trabalhou na Secom, no Palácio Araguaia, durante anos, registrando os principais fatos da política tocantinense.Elson participou ativamente da construção da história de nosso Estado e Capital, registrando momentos importantes desde o início da formação de Palmas, em diferentes fases de sua construção. Elson viu Palmas nascer e crescer. Ele não só registrou esse desenvolvimento da Capital, como também, deu oportunidade para que diversas pessoas pudessem passear no tempo, através de suas memórias fotográficas, momentos marcantes da história de Palmas. Minha solidariedade aos familiares e amigos. Que Deus conforte o coração de todos, por esta triste perda.

 

Deputada Federal Dulce Miranda e ex-governador Marcelo Miranda: Recebemos com muita tristeza a notícia da morte do fotojornalista Elson Caldas, ocorrida neste sábado. Tivemos a oportunidade de conhecer o trabalho desse excelente profissional em todos os nossos governos, do qual, por meio de sua sensibilidade e feeling jornalístico capturou imagens espetaculares que fazem parte do acervo fotográfico do Tocantins.Elson deixa uma folha de serviços prestados ao Estado, especialmente Palmas, quando chegou à Capital no início de sua criação. As suas lentes registraram com precisão e maestria o desenvolvimento da nossa Capital. A memória de Elson Caldas, assim como das suas fotos, já está marcada na história do Tocantins, da qual devemos preservá-la com respeito e merecimento. Estendemos as nossas profundas condolências aos familiares e aos profissionais de imprensa do Estado. Deus o receba, grande fotógrafo!

 

Diretor de Área de Comunicação da Aleto Edivaldo Rodrígues: O diretor  de Área de Comunicação da Assembléia Legislativa, Edivaldo Rodrígues, em nome de todos os jornalistas do setor, lamenta a morte, neste sábado 19, do repórter fotográfico Élcio Pereira Caldas, vítima de câncer aos 61 anos. Élson Caldas é pioneiro no Tocantins. Chegou aqui em 1989 para trabalhar na Secretaria da Comunicação, ainda em Miracema. Servidor efetivo do órgão, aposentou-se em 2017, devido o agravamento da doença. Deixa como legado o registro em imagens do Tocantins em diversas áreas: do fotojornalismo  a imagens turísticas, quando fez parte da equipe que produziu o primeiro Inventário Turístico do Tocantins.Sua irreverência e senso político foram fundamentais na luta em busca de melhorias para os profissionais da área.

 

Deputado Federal Célio Moura: Muito consternado comunico que hoje (21) faleceu meu amigo Elson Caldas, um dos pioneiros em Palmas. Elson foi o primeiro professor de fotografia da Universidade Federal do Tocantins, um humanista apaixonado por justiça social que se vai, após lutar bravamente contra o câncer. Meu sentimento à toda sua família, amigos e alunos. Muita força à todos! Descanse em paz, amigo Elson! Elson Caldas presente!