Palmas, Tocantins -
Até dia 26 de abril

Prêmio Sebrae seleciona projetos desenvolvidos em escolas sobre empreendedorismo

Poderão participar professores, coordenadores pedagógicos e secretários de educação
- Atualizada em
Alunos da Escola Estadual Vale do Sol no projeto Jovens Empreendedores Divulgação

Estarão abertas até esta sexta-feira, dia 26, as inscrições para o Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora, que irá valorizar e divulgar as melhores práticas de educação empreendedora no Brasil, nas categorias ensino fundamental, médio, técnico e superior. As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas pelo portal educacaoempreendedora.sebrae.com.br.

 

Poderão participar gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores e secretários de educação estadual e municipal, além de indivíduos ou grupos de até cinco integrantes que desenvolvam ações ou iniciativas que despertem nos alunos atitudes empreendedoras.

 

As ações devem ser desenvolvidas conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação e, no ato da inscrição, deve-se fazer o relato da experiência.

 

O prêmio é composto por três categorias: estadual, regional e nacional. Como premiação estão sendo oferecidos troféus, medalhas e oportunidade de apresentação do projeto em evento de visibilidade realizado pela instituição, bem como participar em Missão Técnica Nacional, a serem definidas.

 

Junto com o regulamento há uma descrição de como deverá ser descrita a ação, objetivos e resultados.

 

Experiência da Escola Estadual Vale do Sol

 

Em Palmas, a equipe da Escola Estadual Vale do Sol desenvolve, desde o ano passado, o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos. O projeto começou após uma palestra com a equipe do Sebrae.

 

Após os estudos teóricos, os alunos promoveram feiras e vendas de produtos feitos por eles, como doces, salgados e peças artesanais e, com isso, houve geração de rendas que foram investidas em ações para os próprios alunos.

 

Com a realização do projeto, os alunos aprenderam conceitos sobre o empreendedorismo, sobre economia doméstica e sobre educação financeira e passaram a usar a criatividade para a realização das vendas.