Palmas, Tocantins -

Estado


Em assembleia
1.050 visualizações

Servidores IFTO decidem pela suspensão negociada da greve a partir do 24

Em assembleia unificada na tarde desta quarta-feira,11, os servidores técnicos administrativos e professores do IFTO decidiram suspender de forma negociada a greve a partir do dia 24.
- Atualizada em

Servidores técnicos administrativos e professores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) decidiram em assembleia unificada na tarde desta quarta-feira, 12, pela suspensão da greve e retorno ao trabalho a partir do dia 24.

 

De acordo com o professor Guilherme Bizzaro, os servidores querem, entre outras coisas, a garantia que não haverá perseguição por parte da reitoria do Instituto, formação de uma comissão para discutir a progressão dos servidores e elaboração de um calendário para reposição dos dias parados.

 

“Assim que este termo de compromisso for assinado, com anuência de professores, servidores e estudantes, vamos chamar uma nova assembleia e poderemos retornar ao trabalho na próxima semana”, argumentou o professor.

 

Bizzaro informou que um novo calendário acadêmico deve ser elaborado para reposição das aulas, uma vez que o atual calendário está comprometido. “A elaboração deste calendário deve ser feito com a participação dos servidores técnicos administrativos, professores e estudantes”, argumentou.

 

O professor afirmou que nesta quinta-feira, 13, o reitor da instituição será procurado para tratar destes assuntos.