Palmas, Tocantins -
Tecnologia

Sesi Tocantins participa da maior competição de robótica da América Latina

É grande expectativa de classificação para etapa internacional, que será realizada na França
- Atualizada em
Adilvan Nogueira

Os alunos do SESI Tocantins que integram as equipes Tucuna Kingdon (Aline Barros e Julia Guimarães), Tucuna 01 (Lucas Vinicius e Irlandy Ryan) e Tucuna Droid (Regimar Negreiros e Sérgio Gabriel) viajam no início da semana que vem para a cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, onde participam entre os dias 22 a 26 da etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A competição definirá os representantes brasileiros na etapa mundial, a RoboCup, maior evento de robótica do mundo, que este ano ocorrerá em Bordeaux, na França.

 

A OBR é dividida em duas modalidades, teórica e prática. Na primeira, os participantes respondem questões sobre a temática robótica elaboradas por uma comissão de professores e pesquisadores de diversas instituições de ensino do país. Mas o grande desafio mesmo está na segunda modalidade, a prática, onde os participantes devem comandar seus robôs a navegar por um terreno acidentado, localizar vítimas e resgatá-las. A cada ano a organização do evento prepara novas pistas e trajetos. Na edição de 2018 mais de 4.300 equipes participaram da disputa prática.

 

Marcel Augusto Stefanelli Lara, supervisor de Educação do SESI Tocantins, diz estar confiante na classificação dos tocantinenses. “A expectativa é grande. Confiamos muito no trabalho do professor Ulisses Parreira, de Araguaína, que treinou os meninos. Por isso, estamos acreditando que sairemos de lá com um bom resultado, inclusive a classificação para a etapa internacional”, afirma.

 

A ideia da Olimpíada Brasileira de Robótica é aproximar os estudantes da arte de desenvolver tecnologia. O evento tem apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Também tem suporte de diversas instituições de todo o Brasil, como universidades e órgãos públicos.