Palmas, Tocantins -
Aumento
844 visualizações

Tarifa de água no TO é reajustada em 6,48% com cobrança retroativa a março

Aumento é para todas as categorias e retroativo será cobrado em seis vezes nas faturas a partir do mês de julho.
- Atualizada em
Conta de julho já virá com reajuste e cobrança de retroativo a março Divulgação

A empresa concessionária de água no Tocantins , BRK Ambiental, confirmou ao Portal T1 Notícias na tarde desta quinta-feira, 5, o reajuste na tarifa de água nas 47 cidades em que atua no estado. Segundo a empresa, o reajuste é de 6,48% na tarifa e será cobrado retroativo ao mês de março, a partir da conta de julho, divido em seis parcelas.

 

“O reajuste é parte da revisão tarifária promovida pela Agência Tocantinense de Regulação em 2015. A revisão prevê um reajuste de 6,48% ao ano entre 2016 e 2018, acrescidos de correção inflacionária”, explica a empresa. De acordo com da BRK Ambiental , “estes percentuais se referem a desequilíbrios tarifários passados, que não haviam sido concedidos”.

 

A empresa explicou que o reajuste referente a março de 2018 estava suspenso, mas uma decisão judicial, de maio, determinou a aplicação deste percentual. “Ele foi informado aos clientes nas faturas entregues em junho e passará a valer a partir nas faturas entregues neste mês. Todas as categorias de clientes terão o mesmo reajuste”, disse a BRK que garantiu parcelar o retroativo em seis vezes, a partir da fatura entregue em julho.

 

Aumento real

Para esclarecer como ficará a conta de água do cliente, a empresa exemplificou: aos clientes residenciais, que têm a tarifa básica, consomem até 10 mil litros e representam cerca de 60% das pessoas atendidas pela concessionária, o aumento será de R$ 2,75. Ou seja, o valor da tarifa vai de R$ 42,31, por exemplo, para R$ 45,06. Já aos mais de 80 mil moradores que têm a chamada tarifa social, o valor pelos 10 mil litros de água vai ficar em R$ 13,97.

Notícias sobre:

água reajuste conta