Palmas, Tocantins -

Estado


Imunização contra a Covid-19

TO reduz 52,5% das internações de idosos acima de 80 anos desde o início da vacinação

Os dados são do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde e analisam entradas em UTIs, analisados de janeiro a março deste ano
- Atualizada em
Divulgação/Secretaria da Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou um levantamento baseado nas estatísticas hospitalares das unidades geridas pelo Executivo Estadual, de janeiro a março de 2021, em que aponta que o Tocantins registrou uma redução de 52,5% na internação de pessoas com 80 anos ou mais em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). A análise foi realizada por técnicos da SES e levou em consideração o período após o início da vacinação contra a Covid-19.


Os dados apontam que, entre as pessoas de 80 a 89 anos, foram internadas em UTIs 39 em janeiro,  57 em fevereiro  e 37 em março. Já no público maior de 90 anos, os números são os seguintes: 8 em janeiro, 23 em fevereiro e 1 em março.

Para o titular da SES, Edgar Tollini, “os números mais uma vez apontam para a eficácia da vacinação. Mês passado analisamos os números de óbitos entre este público e constatamos a redução. Agora esta queda na internação, que nos deixa otimistas”, afirmou o gestor, acrescentando que “a população deve continuar com os cuidados e orientações dos especialistas, para a lavagem e higienizações das mãos, o uso das máscaras e que evitem aglomerações”.

Já o servidor da pasta, Ullannes Passos Rios, responsável pelo estudo estatístico, considera que os resultados da imunização já podem ser sentidos. “Estamos analisando, constantemente, todos os dados e cruzando informações. Os números demonstram que, tanto o número de mortes - verificadas no estudo anterior - quanto o número de internações foi reduzido após o início da vacinação”, pontuou.

Vacinação


O processo de imunização contra a Covid-19 no Tocantins teve início em 18 de janeiro de 2021 e segundo dados do Vacinômetro da SES, até a terça-feira,  6, foram aplicadas 145.484 doses, sendo 109.025 na primeira etapa do processo e 36.459 na segunda etapa. Do total de doses aplicadas, 39.174 foram em pessoas acima de 80 anos.