Palmas, Tocantins -

Estado


Fungetur
194 visualizações

Turismo no TO: empresas, incluindo MEIs, terão até R$ 2,5 milhões em linha de crédito

As taxas de juros serão subsidiadas e poderão ter o prazo de até 240 meses e carência de 60 meses, dependendo da linha a ser efetivada.
- Atualizada em
Antônio Gonçalves/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins por meio da Agência de Fomento assinou um contrato de crédito de mais de R$ 10,6 milhões com o Fundo Geral do Turismo (Fungetur), em créditos a serem oferecidos a empresas, e também a Microempreendedores Individuais (MEI) de segmento turístico.

 

As taxas de juros serão subsidiadas e poderão ter o prazo de até 240 meses e carência de 60 meses, dependendo da linha a ser efetivada. Os financiamentos poderão ser feitos para obras civis de implantação, ampliação, modernização, reforma, capital de giro e bens destinados a empreendimentos turísticos.

 

Cada empresa poderá financiar até R$ 2,5 milhões. Os projetos serão analisados, e poderão ser aprovados em até 100%, dependendo do item que poderá ser financiado.

 

A presidente da Fomento, Denise Rocha, destaca a dedicação do governador Mauro Carlesse querendo atender a todos os municípios. “O governador tem buscado estender as linhas de crédito a todas as regiões também por meio da Fomento. E agora, ele conseguiu uma linha especial para o turismo”, disse.

 

Denise Rocha ainda afirma que o investimento irá fortalecer o crescimento de várias regiões do Estado. “Podemos melhorar diversas regiões turísticas do Tocantins como as Serras Gerais, Bico do Papagaio e Vale Araguaia, entre outras. Dar mais estabilidades aos turistas, fomentar a construção de mais hotéis e pousadas. O turista que gosta de ir ao Jalapão poderá vir e visitar outras cidades também tão maravilhosas quanto”, destaca.

 

“Os empreendedores interessados podem nos procurar que temos linhas com prazos longos e, taxas subsidiadas. Este crédito é muito importante para o turismo do Estado e para o investidor”, afirmou a presidente da Fomento.

 

As empresas interessadas no crédito podem procurar a Fomento, e devem ser cadastradas ou se cadastrar no Cadastur, e serem localizadas em municípios que fazem parte do Mapa do Turismo do Brasil.

 


 

Notícias sobre:

fomento turismo linha crédito