Palmas, Tocantins -

Geral


293 visualizações

A folha da campanha chega à economia

...
- Atualizada em

A terceira folha do mês foi paga entre ontem e hoje para um verdadeiro exército de cabos eleitorais contratados pelas campanhas majoritárias durante o mês de agosto. Segundo fontes não oficiais, só no front da Coligação Força do Povo seriam 11 (onze) mil contratados até aqui.

Depois da folha do município e da folha do estado, a terceira folha - desta vez da campanha política -  promete dar uma boa injetada de recursos no comércio de Palmas. Todos os candidatos têm pessoas contratadas e pagas nas mais diversas funções dentro de uma campanha política. A fachada utilizada por muitos para disfarçar a quantidade é dizer que se tratam de "militantes". Não é verdade.

Para pegar muito candidato na mentira basta conversar tranquilamente nos pontos de ônibus, nas quadras e nos bares para saber inclusive, quantoestá custando um cabo eleitoral ou um carro plotado. No oficial e no paralelo.Nada contra as pessoas venderem sua força de trabalho. Afinal, pedir e conquistar votos é uma arte, que dentro de alguns anos, como toda função dentro de um processo eleitoral, estará profissionalizada.

 É uma tarefa diferente de simplesmente votar e recomendar aos amigos. Trata-se de um árduo processo de ir para as ruas, de sol a sol, bater nas portas, conversar argumentar e convencer pessoas indecisas. Levar informação e contra-informação.

O que me preocupa é o abuso do poder econômico. Porque a maioria destas contratações não estarão nas prestações de contas, e fica a dúvida se a justiça eleitoral conseguirá comprovar a fraude. Caso coloque todos os contratados na prestação de contas, o candidato precisará comprovar a origem dos recursos. E ficará clara a super estrutura de alguns, sejam majoritários ou proporcionais.

O exército de cabos eleitorais de todas as cores comemoram hoje seus pagamentos. Mas devem estar atentos para a origem de tanto dinheiro, e também para as propostas mirabolantes. Muita gente que vai ficar esperando receber no dia 05 de outubro as 6hs da tarde - como em outras ocasiões - poderá se decepcionar. Como dizia um velho amigo meu, que já comandouvárias campanhas na capital: "para dar conta de cumprir tanto compromisso só uma máquina de fabricar dinheiro". Essa por enquanto, ninguém conseguiu.

Roberta Tum

roberta@blogdatum.com