Palmas, Tocantins -

Geral


Segundo volume
85 visualizações

Direitos dos Povos de Terreiro reforça luta contra racismo religioso

Obra foi lançada em setembro de 2020 e é composta por 12 capítulos, em alusão aos 12 quiabos do amalá de Xangô e a seus 12 (doze) ministros, guardiões da justiça afro-brasileira
- Atualizada em
Descrição: Print da capa do livro. Divulgação

Lançado em setembro de 2020, a obra Direitos dos Povos de Terreiro – Volume 2  tem o principal objetivo de abrir caminhos para as lutas do povo de santo e fechar corpos contra o racismo religioso.

 

Organizado pelos estudiosos e especialistas Thiago de Azevedo Pinheiro Hoshino, Bruno Barbosa Heim, Andréa Letícia Carvalho Guimarães e Winnie Bueno, a obra é composta por 12 (doze) capítulos, em alusão aos 12 quiabos do amalá de Xangô e a seus 12 (doze) ministros, guardiões da justiça afro-brasileira.

 

Além disso, estampa em sua capa a Bandeira Mulamba, flâmula de um Brasil em releitura diaspórica, sob o signo do vermelho e do preto de Exu, tradutor dessas demandas históricas, e o búzio, que veicula o saber e a vontade dos orixás e ancestrais.

 

A obra foi publicada pela Editora Mente Aberta, com apoio do Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico, que se dedica ao estudo deste importante tema.

 

O livro está disponível gratuitamente no formato de E-book ou para quem deseja o material.