Palmas, Tocantins -

Geral


Automóveis
578 visualizações

Isenções legais e leilões são opção para economizar na compra de carros

Legislação brasileira permite compra de carro com desconto em alguns casos. Fazer a aquisição em leilões também é boa opção para economizar.
- Atualizada em
Divulgação

Ir ao trabalho, levar filhos à escola e até mesmo aproveitar momentos de lazer dos finais de semana. Essas são algumas situações nas quais o carro próprio é um item que proporciona uma grande conveniência. Afinal, não é preciso ficar à mercê dos atrasos e da insegurança do transporte público brasileiro, tampouco das tarifas dinâmicas e disponibilidade de motoristas de aplicativo.

 

O problema é que, em boa parte dos casos, há um obstáculo considerável até o sonho do carro próprio: o custo. Um bom carro usado não custa menos que R$ 30.000, fora os custos com combustível, seguro e impostos. No caso do carro zero então, fica mais difícil ainda, pois os valores são ainda maiores. Felizmente, existem alternativas para poder comprar um carro sem comprometer o orçamento.

 

Legislação brasileira prevê compra de carro com desconto em alguns casos

 

Por mais que nem todos saibam disso, certos segmentos da população têm direito previsto em lei a ter desconto tanto na compra de um carro próprio quanto dos encargos necessários para mantê-lo. Para evitar problemas com o estado, é preciso ficar atento aos requisitos e às exigências para se obter o benefício.

 

Portadores de deficiência têm desconto e incentivo fiscal

 

A legislação brasileira prevê uma série de direitos e benefícios para pessoas com deficiência. Entre eles está o desconto na aquisição de veículo próprio que seja zero quilômetro, fabricado no Brasil e custe até R$ 70 mil. Neste caso, não há a cobrança de ICMS nem de IPI sobre o bem, reduzindo consideravelmente o seu valor. Além disso, também há uma série de benefícios tributários direcionados às pessoas com deficiência. Elas são isentas do IPVA, por exemplo. 

 

Apesar disso, é preciso levar em conta que há uma série de exigências para que alguém se enquadre na categoria de pessoa com deficiência. Por exemplo: quem tem problemas de visão deve ter um campo de visão inferior a 20 graus e uma acuidade igual ou menor que 20/200 no melhor olho. Do mesmo modo, nem todos os tipos de câncer geram esse direito para o doente.

 

Em compensação, quem considera comprar um carro com esse benefício deve considerar que pode ser preciso implantar uma adaptação. Caso o motorista seja flagrado sem ela, ele pode ter que pagar uma multa.

 

Por fim, é fundamental lembrar que esse benefício é intransferível. Portanto, quem for flagrado cedendo o uso do veículo ou conduzindo um carro sem a adaptação necessária para dirigi-lo está sujeito a punições, como o pagamento de uma multa.

 

Algumas categorias profissionais contam com tratamento especial

 

Da mesma maneira pessoas de algumas áreas profissionais contam com descontos e benefícios para comprar e manter seus veículos. Por exemplo: algumas concessionárias oferecem condições especiais para motoristas de aplicativo. Além disso, taxistas têm isenção de impostos no momento da compra.

 

Uma categoria que também tem direito a benefícios, mas que não é tão conhecida pelo público, são os fazendeiros. O chamado Plano do Fazendeiro oferece crédito diferenciado para a compra de veículos novos e usados por parte de produtores rurais.

 

Comprar carro em leilões também é boa opção

 

Para quem não se encaixa em nenhuma das situações previstas em lei, existe a possibilidade de comprar um carro em leilões online. Nestes casos, a grande vantagem é o baixo valor do veículo, que pode custar menos de 50% de sua tabela Fipe. Portanto, por mais que ele necessite de reparos, o negócio costuma valer a pena.

 

Além disso, a compra de um veículo em leilão pode significar que o mesmo virá com os encargos herdados do proprietário anterior, como multas e impostos atrasados, que precisam ser liquidados no momento da “compra”. É o que prevê o Código de Trânsito Brasileiro, desde que o carro tenha sido levado à hasta pública. Caso haja uma diferença positiva entre o valor pago e o valor devido, ele será repassado ao antigo proprietário.

 

Compra de carro em leilão pode ser bom negócio, mas exige cuidados

 

Por mais que os leilões de carro sejam uma alternativa para economizar, é preciso tomar alguns cuidados para que o barato não saia caro. Em primeiro lugar, é fundamental certificar-se de que o leilão em questão é legítimo. 

 

Além disso, é preciso que o comprador certifique-se de que os reparos necessários no carro não ultrapassem o desconto do veículo. Caso isso aconteça, pode valer a pena comprar um veículo seminovo em uma loja especializada, ou mesmo um zero quilômetro. 

 

Do mesmo modo, caso o leilão não seja de um carro que passou à hasta pública, é preciso verificar se o antigo dono não deixou débitos por quitar. Por exemplo: no caso de leilões de financeiras, quando os carros são tomados pela inadimplência das parcelas, é comum que tais pendências existam. Novamente, é preciso analisar se vale a pena continuar com a compra e quitar as obrigações posteriormente.

Notícias sobre:

automóveis carros leilão emarket