Palmas, Tocantins -

Geral


Dia do Nutricionista
316 visualizações

Nutricionista alerta para o uso de receitas caseiras que prometem aumentar imunidade

Nos últimos dias fakes news têm prometido a cura para a Covid-19
- Atualizada em
Divulgação

Comemorado hoje (31) em todo o país, o Dia do Nutricionista está sendo marcado por uma novidade: a conscientização da população pela categoria a respeito de inúmeras receitas caseiras que prometem o aumento da imunidade que, por consequência, eliminaria o novo coronavírus. Embora ainda não exista nenhum indício científico de cura do vírus, “poções milagrosas” são compartilhadas na internet como sendo verdadeiras.

 

A professora e nutricionista Ana Paula Goulart alerta que nenhuma preparação ou combinação de infusões será capaz de curar a Covid-19 ou, até mesmo, aumentar nossa imunidade. “O que vai deixar o vírus se expressar mais ou menos tempo será o sistema imunológico da pessoa, e esse sistema fica fortalecido com várias práticas saudáveis ao longo do dia (consumo de pelo menos 4 porções de vegetais/hortaliças, 3 porções de frutas, boa ingestão de água, sono adequado durante a noite, manejo do estresse, dentre outros), ou seja, é um conjunto de”, explica a profissional.

 

Correr para as farmácias em busca de um misto de vitaminas sem previamente conversar com um especialista também pode não surtir o efeito esperado. Embora a suplementação possa ser válida para reforçar o sistema imunológico, esse procedimento requer acompanhamento de um nutricionista, já que existem diversas formas de suplementos e somente o profissional da área poderá indicar qual é a necessidade do seu organismo com base em resultados de exames. 

 

“Além dele avaliar o consumo alimentar da pessoa, ele (o nutricionista) vai direcionar o tipo de suplemento, a dosagem, o horário a ser consumido, prezando pela melhor absorção e evitando competição entre os nutrientes”, pontua Goulart. A profissional destaca que não existe alimento isolado capaz de aumentar o sistema imunológico do ser humano. Entretanto, dentre as vitaminas mais específicas para esta finalidade, pode-se citar:

 

 - Vitamina C, que previne contra infecções virais e respiratórias; 

- Vitamina K, que acelera a cicatrização diminuindo o número de intervenções cirúrgicas e tempo hospitalar; 

- Vitamina B9, que ajuda a formar as células de defesa.

 

Em relação aos minerais, a nutricionista enfatiza o zinco, o cobre, o ferro e o selênio, que atuam nas enzimas antioxidantes ajudando a manter a integridade das células.

 

Recebi Fake News: o que fazer?

 

Quem tem perfil ativo na internet e em aplicativos de mensagens, em algum momento vai receber uma receitinha milagrosa encaminhada por um amigo do amigo do primo do amigo. Ciente de que não existe receita capaz de curar a Covid-19, tampouco aumentar a imunidade de forma isolada, é preciso ter bom senso e não repassar a informação.

 

Caso necessite de ajuda para melhorar a imunidade do seu organismo, recomenda-se procurar um profissional de Nutrição que irá avaliar quais vitaminas o indivíduo necessita. Afinal, organismos diferentes sugerem necessidades distintas e o uso indiscriminado de vitaminas e suplementos pode trazer consequências ruins ao invés de ajudar.

 

Até o momento, o que previne o contágio por coronavírus é uso correto da máscara facial e higienização das mãos. Na dúvida sobre o assunto, o meio oficial que deve ser consultado é o site do Ministério da Saúde

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil