Palmas, Tocantins -

Geral


Programa Desenvolve
167 visualizações

Perfumaria abre inscrições para formações gratuitas em tecnologia

Cursos são oferecidos pelo Programa Desenvolve, realizado pelo Grupo Boticário
- Atualizada em
Agência Educa Mais Brasil

O Programa Desenvolve, projeto realizado pelo Grupo Boticário, está com inscrições abertas para 400 vagas em cursos que irão capacitar homens e mulheres de todo o Brasil. As inscrições podem ser feitas até 7 de novembro no site do programa. Já as aulas estão previstas para iniciar em janeiro de 2022.

 

Para participar é necessário ter mais de 18 anos, ensino médio completo e renda máxima de 1,5 salário mínimo per capita. Não há exigência de domínio da língua inglesa ou de qualquer formação na área de tecnologia.

 

Os cursos serão ministrados pela escola de tecnologia Alura, com duração de nove meses, que possibilitarão a formação de 300 desenvolvedores Full Stack, 50 analistas de dados e 50 devops. Entre as vagas, 50% serão destinadas exclusivamente para mulheres e pessoas negras. De acordo com a empresa, o objetivo é reduzir a lacuna de gênero e raça na área de tecnologia.

 

Visando a inclusão, 20 vagas serão resrvadas para pessoas com 50 anos ou mais e que buscam recolocação no mercado de trabalho. Outras 10 vagas serão destinadas para pessoas transgêneras ou não binárias e mais 10 vagas para pessoas em situação de refúgio no Brasil.

 

Os participantes dos cursos, além de se capacitarem para o mercado de tecnologia, vão concorrer a uma chance de integrar o time do Grupo Boticário, responsável pelo programa Desenvolve. Assim, 40 alunos que se destacarem durante os cursos terão a chance de ser contratados pela empresa.

 

“Nós acreditamos que a tecnologia é impulsionadora do desenvolvimento e que o futuro depende da inclusão. É isso que buscamos ao promover, pelo segundo ano consecutivo, o Desenvolve”, comenta Daniel Knopfholz, vice-presidente de tecnologia do Grupo Boticário.

 

A edição passada registrou mais de 8 mil inscritos, sendo 67,8% mulheres e 73,2% de pretos e pardos. Destes, 23 foram contratados para trabalhar no Grupo Boticário.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil