Palmas, Tocantins -

Geral


"Poesia a arte do encontro"
56 visualizações

Poeta Eliosmar Veloso representa o Estado em festival reconhecido pela Unesco

Eliosmar é poeta, escritor, dramaturgo, diretor teatral, artesão e ativista cultural e representará o Tocantins no festival de poesia que reúne artistas de todos os estados brasileiros.
- Atualizada em
Descrição: Eliosmar Veloso Divulgação

O poeta Eliosmar Veloso representará o Estado do Tocantins durante o festival de poesia de Dois Córregos, cidade do interior de São Paulo, conhecida como terra da poesia. Com o tema "Poesia a arte do encontro", o evento, que acontece no dia 16 de outubro, pretende trazer mais leveza em meio à pandemia da Covid-19.

 

A webconferência reunirá artistas locais e de outras regiões do Brasil para saborear a diversidade poética, estimular o encontro com as rimas e permitir que os cidadãos declamem suas criações.

 

Em sua 13ª edição, pela primeira vez, o festival reunirá renomados artistas dos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, que participarão do evento por meio de webinares. Ao final, as poesias serão reunidas para o lançamento de um livro.

 

O evento é aberto e para participar é só acessar as redes sociais oficiais da Usina de Sonhos.

 

Eliosmar Veloso

 

Representando o Tocantins, Eliosmar é poeta, escritor, dramaturgo, diretor teatral, artesão e ativista cultural. Ele escreveu e dirigiu mais de 30 espetáculos teatrais, sempre enfocando em seus textos questões sociais. É autor de diversos livros e Membro fundador e Presidente da Academia Gurupiense de Letras por dois mandatos consecutivos (2005/2009).

 

Usina de Sonhos

 

Fundada em 1995, e idealizada pelo empresário e poeta, José Eduardo Mendes Camargo, a Usina de Sonhos visa obter uma transformação positiva do ser humano por meio do desenvolvimento da criança e da comunidade através das mais variadas formas de linguagem, em especial a poética. Desta forma, estimula e contribui para o surgimento de novos talentos, para o despertar do interesse pela leitura, para o desenvolvimento do pensamento crítico e de produções e manifestações culturais.

 

O projeto, que foi reconhecido pela Unesco, órgão das Nações Unidas para o Desenvolvimento da Cultura, está presente em escolas públicas e particulares de Dois Córregos, por meio da adesão a concursos de poesias; nas indústrias, onde funcionários são estimulados a produzir poesias e participar de concursos culturais; na penitenciária feminina, contribuindo com a auto-estima e a solução de conflitos entre as mulheres encarceradas.