Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Assembleia Legislativa
384 visualizações

Claudia Lelis e comitiva visitam áreas afetadas por possível esgoto no Lago de Palmas

Deputados, vereadores, membros do Governo do Estado, prefeitura de Palmas e Ministério Público viram de perto as manchas verdes que contaminam a água e o cheiro forte no setor Bertaville.
- Atualizada em
Descrição: Visita no no setor Bertaville Divulgação

Uma comissão especial de deputados da Assembleia Legislativa, presidida pela presidente da comissão de Minas, Energia, Meio Ambiente e Turismo, Claudia Lelis (PV) esteve nesta quinta-feira,13, no setor Bertaville para verificar as áreas afetadas por possível vazamento de esgoto.  Os deputados, vereadores e membros do Governo do Estado, prefeitura de Palmas, Ministério Público viram de perto as manchas verdes que contaminam a água e o cheiro forte que está no local.


 
A deputada Claudia Lelis, autora do requerimento que criou a comissão especial, classificou como gravíssima a situação encontrada. “ Essa situação precisa ser resolvida com urgência e já estamos cobrando isso no parlamento. Não tem como os moradores do setor conviverem com essa situação, é inadmissível”, afirmou a parlamentar pevista.


 
Segundo a deputada a próxima ação é a convocação do presidente da BRK no Tocantins, Tadeu Pinto, na Comissão de Meio Ambiente da Assembleia para prestar esclarecimentos e apresentar soluções imediatas. O requerimento para a convocação do presidente da BRK é dos deputados Ricardo Ayres e Léo Barboza.  “Como concessionaria de um serviço público, a BRK tem a obrigação de prestar esclarecimentos a população tocantinense e nós deputados iremos cobrar isso”, destacou Lélis.


 
O Promotor de Justiça do Meio Ambiente, Fábio Lang, que participou da comitiva destacou que a falta de um laboratório credenciado para uma perícia da situação da água do Lago é essencial. “Não podemos depender dos laudos da Universidade Federal do Tocantins e muito menos do laudo da empresa BRK Ambiental, o ideal são laboratórios independentes”, afirmou Lang.


 
A deputada Cláudia Lelis sugeriu uma emenda para contratar laboratório para fazer um laudo independente da agua, “ estou sugerindo que os parlamentares se unam e coloquem emendas conjuntas e assim teremos um diagnóstico da situação, temos que nos unir para uma solução rápida”, defendeu Lelis.



Além de visitar o setor Bertaville a comitiva e membros de órgãos de fiscalização também visitaram a estação elevatória de esgoto da BRK Ambiental. No local os diretores da empresa mostraram como é feito o processo de tratamento do esgoto.


 
Além de deputados, participaram das visitas também representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual, Agência Tocantinense de Regulação (ATR), Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), Naturatins, Fundação Municipal de Meio ambiente, Câmara Municipal de Palmas e a Agência de Regulação de Palmas, Policia Civil, Associação de moradores do Bertaville, Aureny IV, Mirante do Lago e União Sul.