Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Campanha Nacional
104 visualizações

Claudia se une a campanha para redução da carga tributária de bicicletas no Brasil

A parlamentar participou na tarde desta quarta, 1º, de reunião virtual com o ex-secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência de Salvador André Fraga, que também é idealizador da campanha.
- Atualizada em
Descrição: Deputada estadual Claudia Lelis. Divulgação

A deputada estadual Claudia Lelis (PV), participou na tarde desta quarta-feira, 01, de reunião virtual com o ex-secretário de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência de Salvador André Fraga, que também é idealizador da campanha que requer a redução da carga tributária para que incide sobre a cadeia produtiva das bicicletas no Brasil. André Fraga é do PV da Bahia e está encabeçando uma grande mobilização nacional para coletar cerca de 20 mil assinaturas para que o abaixo-assinado chegue ao Senado Federal.

 

Também participou da reunião o Diretor Executivo, Consultor e pesquisador em políticas de mobilidade urbana, Daniel Guth, que faz parte da Associação Brasileira do Setor de Bicicletas – Aliança Bike - criada em 2003 em que associação que tem como missão fortalecer a economia da bicicleta e o seu uso por brasileiras e brasileiros, atuando em diversas frentes de trabalho para promover o uso de bicicletas como transporte, esporte e lazer.

 

A parlamentar pevista aderiu à campanha e inclusive já acionou senador Eduardo Gomes (MDB) para que o mesmo possa ajudar no tramite do assunto no Senado Federal. A deputada também entrou com requerimento na Assembleia legislativa onde requer que os membros da Bancada Federal do Estado do Tocantins no Congresso Nacional para que acolham proposta de redução da carga tributária. 

 

“ Estamos vivendo um novo tempo e precisamos nos adaptar a esse cenário e por isso penso que como legisladores temos o dever de facilitar o acesso de todos os cidadãos a um meio de transporte que traga segurança. A bicicleta é com certeza um meio de transporte ideal, mas com as altas taxas que incidem sobre a compra de uma bicicleta fica inviável a aquisição para muitas famílias tocantinenses”, defendeu a parlamentar. 

 

Segundo dados levantados pelo autor da mobilização, no Brasil o valor médio da bicicleta chega a custar 72% a mais por causa dos impostos - mais até que os 37,17% que incidem sobre um carro popular. “Isso é muita coisa e com certeza se não fosse essa carga tributária altíssima, não tenho dúvida que muito mais pessoas estariam utilizando a bicicleta como seu principal meio de transporte urbano", destacou André em recente entrevista a um veículo de comunicação na Bahia. 

 

A deputada pevista reforça também que fez questão de abraçar essa campanha porque acredita que reduzir o preço das bicicletas irá permitir que mais pessoas possam usar a bicicleta tanto como meio de transporte ou como lazer. “ Independente da faixa etária, sexo, nível social ou econômico, a bicicleta é um meio democrático, acessível, economicamente viável, socialmente justo e ecologicamente sustentável”, defendeu Lelis que pede o apoio dos parlamentares tocantinenses nessa ideia.