Palmas, Tocantins -

Cidades


Triênio 2022/2024
1.258 visualizações

Advogadas assumem presidências de seis subseções da OAB no TO; confira quem são

Advogadas comandarão subseções no triênio 2022/2024 nas cidades de Alvorada, Araguatins, Dianópolis, Guaraí, Natividade e Pedro Afonso.
- Atualizada em
Divulgação

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Tocantins (OAB/TO) elegeu seis mulheres para ocupar a presidência de seis subseções do Estado no triênio 2022/2024. As cidades são: Alvorada, Araguatins, Dianópolis, Guaraí, Natividade e Pedro Afonso. Conheça quem são elas:

 

Alvorada

 

No município de Alvorada foi eleita presidente Ana Luiza Borges, Bacharel em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO), pós-graduada em Direito Público pela Universidade Anhanguera (UNIDER), pós-graduanda em Direito e Processo Previdenciário pela Escola Aberta de Direito (EADir).

 

Araguatins

 

Em Araguatins, foi eleita Karla Lima, advogada com especialização em docência do ensino superior e Direito Administrativo, mestranda em Ciências Ambientais pela UNITAU, professora da Universidade Estadual do Tocantins, no câmpus de Augustinópolis.

 

Dianópolis

 

Em Dianópolis, foi eleita presidente Cláudia Rogéria Fernandes, advogada pós-graduada em direito público e direito previdenciário, mestre em Planejamento e Desenvolvimento Regional, membro fundadora diretora da  Associação da Advocacia Previdenciária do Estado do Tocantins (ATAP) e delegada da Associação dos Advogados Trabalhistas (ATAT).

 

Guaraí 

 

No município de Guaraí, foi eleita presidente Loyanna Caroline Lima Leão Vieira, advogada presidente da Subcomissão da Mulher e especialista em Direito Público e gestão judiciária.

 

Natividade 

 

Em Natividade, foi eleita presidente Gabriela da Silva Suarte, advogada é formada pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Gurupi (FAFICH), pós-graduada em Direito do trabalho e atua nas áreas cível, família, trabalhista, agrária e previdenciária.

 

Pedro Afonso

 

Em Pedro Afonso, foi eleita Laydiane da Silva Mota Oliveira, advogada atuante na área privada, especialista em Direito Civil e Processo Civil. Diretora do núcleo do IBDFAM de Pedro Afonso, atuou também na Comissão da Mulher.