Palmas, Tocantins -

Cidades


Boletim Municipal
139 visualizações

Palmas registra 92 novos casos; taxa de ocupação hospitalar é a menor desde junho

Dos infectados, 50 são mulheres e 42 são homens. Nenhum óbito foi registrado nesta edição do documento.
- Atualizada em
Divulgação/Ascom Prefeitura de Palmas

O boletim epidemiológico nº 188 desta quarta-feira, 23 de setembro, traz a informação da menor taxa de ocupação hospitalar em Palmas desde junho, de 40,8%. No dia 26 daquele mês, foi registrada ocupação de 34,13%. Também nesta quarta, o informativo registrou 92 novos casos da Covid-19, sendo 50 mulheres e 42 homens. Nenhuma morte foi registrada nesta edição do documento. Até o momento, 7.758 se recuperaram da doença e 142 pessoas perderam a vida em decorrência do vírus. A letalidade na capital é de 0,92%.

 

A vigilância epidemiológica de Palmas informa que, após 192 dias de resposta, até às 12 horas do dia 23 de setembro de 2020, totaliza 63.635 notificações para síndromes gripais (SG), onde estão contidos também os casos suspeitos para Covid-19. Destes, 19.319 foram descartados e 15.477 casos confirmados (números acumulados) para a doença.

 

Internações

 

Os leitos clínicos públicos e privados estão com taxa de ocupação de 29,6% e os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tem a taxa de ocupação de 55,9%. Sobre os leitos de estabilização das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), o boletim aponta que a taxa de ocupação é 14,3% na UPA Sul e 2,9% na UPA Norte.

 

Na Capital, 113 pessoas estão internadas por causas ligadas à Covid-19. Desse número, 56 (49,7%) são residentes de Palmas e 57 (50,4%) são moradores de outras cidades/estados.

 

Dos novos casos, 89 pacientes estão em isolamento domiciliar e três hospitalizados.

 

Ainda nesta quarta-feira, 70 pessoas receberam alta dos hospitais.

 

Testes


Do total de testes realizados, boletim indica 656 exames. Destes, 261 feitos no Laboratório Municipal de Palmas, 40 no Laboratório Central (Lacen) e 355 realizados em farmácias e laboratórios privados. De todos os testes, 92 foram confirmados para o vírus e 348 descartados.