Palmas, Tocantins -

Cidades


Matrículas municipais
92 visualizações

Prazo para matrículas na rede municipal de Araguaína encerra nesta sexta-feira, 22

Início escalonado das aulas está programado para o dia 8 de fevereiro. A prefeitura afirmou que os critérios de distanciamento e segurança sanitária contra a Covid-19 serão seguidos
- Atualizada em
Marcos Sandes/Ascom

O prazo para matrículas de alunos novatos na Rede Municipal de Ensino de Araguaína encerra nesta sexta-feira, 22. Os pais devem procurar a unidade mais próxima a sua residência, das 7 às 11 horas e das 13 às 17 horas, com a documentação necessária. O prazo serve para a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para os alunos da zona rural o período de matrícula é o mesmo, até o próximo dia 22 de janeiro e também serão realizadas seguindo todos os cuidados necessários para evitar a transmissão da Covid-19.



Segundo a secretária municipal da Educação, Elizangela Moura, a prefeitura já está preparada para o retorno às aulas nos mesmos critérios de segurança criados no ano passado. “No final de 2020, as turmas eram divididas em dois grupos sendo que cada grupo participava das aulas presenciais em uma semana. Na semana que os alunos ficavam em casa, faziam as atividades impressas em forma de apostilas”, explicou.



Novas vagas


Para 2021, a secretaria disponibilizou 4.500 vagas para alunos novatos. O objetivo é atender toda criança em idade escolar desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental 1, do 1º ao 5º ano. A Rede Municipal possui 33 creches e 33 escolas na zona urbana e outras 13 escolas na zona rural.



Início das aulas


As aulas referentes ao primeiro semestre de 2021 estão previstas para serem iniciadas no dia 8 de fevereiro, com retorno progressivo das atividades presenciais. Para este ano, a previsão é de mais de 22 mil alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino, sendo mais de 600 na zona rural.

 

De acordo com a Secretaria Municipal da Educação, Araguaína foi um dos poucos municípios do País a alcançar a totalidade de horas aula estabelecidas pelo MEC em 2020.



Medidas preventivas


As unidades de ensino estão preparadas desde o final do ano passado para receber os alunos, atendendo às exigências contidas na Portaria nº 185/2020 que estabelece protocolo com as normas sanitárias e de distanciamento social.

 

Entre as regras de prevenção estão respeitar a demarcação de 1,5 metro no espaço na entrada da instituição, banheiros, carteiras e bebedouros, e uso obrigatório de máscaras. Os alunos terão a temperatura corporal aferida na entrada da unidade e os que apresentarem mais de 37,5º deverão ser encaminhados de volta à residência para que a família procure assistência médica. Também não será permitida a permanência de crianças e adultos com sintomas gripais.