Palmas, Tocantins -

Estado


Agrotins Digital
111 visualizações

Agrotins apresenta nesta sexta, 29, a evolução da pesca esportiva no Brasil e no TO

A apresentação será realizada nesta sexta-feira, 29, ao vivo, a partir das 15h25, na plataforma agrotins.to.gov.br.
- Atualizada em
Descrição: O peixe tucunaré é uma das espécies apreciadas na pesca esportiva. Seagro/Governo do Tocantins

A Feira Agrotecnológica do Tocantins - Agrotins 2020 100% Digital apresenta aos participantes a evolução da pesca esportiva com o tema: Pesca Esportiva - Sustentabilidade e Desenvolvimento Deste Setor no Brasil e no Tocantins, em videoconferência, ao vivo, a partir das 15h25, na plataforma agrotins.to.gov.br, que se encerra nesta sexta-feira, 29.

 

A iniciativa é uma ação do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Secretaria Nacional de Aquicultura e Pesca(SAP), Agência do Desenvolvimento, Turismo, Cultura e Economia Criativa do Tocantins (Adetuc), instituições privadas e parceiros. A videoconferência será mediada pelo zootecnista da Seagro, Thiago Tardivo.

 

Na videoconferência serão abordados temas ligados ao desenvolvimento socioeconômico da pesca esportiva; elaboração do Plano Estratégico e Operacional de Pesca Esportiva do Estado do Tocantins; Desafio Canoeiros e ações em prol da pesca esportiva tocantinense; políticas públicas para o setor e incentivo ao fomento das atividades pesqueira no Brasil e Tocantins.

 

Segundo o secretário Nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Júnior, a pesca amadora/esportiva é um dos segmentos da atividade pesqueira nacional de maior potencialidade, tendo especialmente dois biomas. “O pantanal e Amazônia, com grande variedade de espécies e ambientes apropriados para a prática dessa atividade”, ressaltou.

 

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, a pesca esportiva é um setor da cadeia pesqueira que vem ganhando amplo destaque nacional. “Estima se que no Brasil, este segmento fature em torno de R$ 10 bilhões com ampla expansão. O Tocantins encontra-se como um grande player neste setor, pois possui a segunda maior bacia hidrográfica do Brasil, Araguaia-Tocantins, na qual se encontram inúmeras espécies esportivas que atraem pescadores de todas as regiões do Brasil e do mundo”, enfatizou.

 

Potencial do Tocantins

 

A grande quantidade e diversidade de rios do Tocantins e as diversas espécies de peixes amazônicos são atrativos para prática da pesca esportiva em diversas regiões do Estado. Além dos rios Araguaia e Tocantins, principais bacias hidrográficas, o Estado também conta com lagos naturais e represas formadas por usinas hidrelétricas, um santuário que abriga espécies nativas, a exemplo do tucunaré, caranha, bicuda, cachorra larga, barbado, corvina, dentre outras. A Seagro desenvolveu uma cartilha para as Boas Práticas da Pesca esportiva no Tocantins a qual pode ser acessada pelo link https://central3.to.gov.br/arquivo/362221/

 

Participantes

 

Participam da videoconferência o Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca (Mapa/SAP), Jorge Seif Jr.; o Secretário de Indústria e Comércio e presidente da Agência do Turismo, Cultura e Economia Criativa do Tocantins (Adetuc), Adilson Wiseman de Lyra (Tom Lyra); o presidente da Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (Anepe), Marcos Vinícius Glueck; o empresário do ramo da pesca esportiva, Raimundo Coelho e o zootecnista da Seagro, Thiago Tardivo (moderador).

Notícias sobre:

agrotins evolução pesca brasil to