Palmas, Tocantins -

Estado


Tocantins 33 anos
78 visualizações

Arrecadação com impostos e outras receitas aumentou 25,4% nos primeiros meses do ano

Dados da Secretaria de Estado da Fazenda apontam que, em comparação a mesmo período de 2020, o Estado teve alta de 25,4% em arrecadação, com um montante de R$ 33,8 bilhões.
- Atualizada em
João Di Pietro/Governo do Tocantins

Mesmo com a pandemia de Covid-19, o que impactou de forma negativa o funcionamento de diversas atividades econômicas, a arrecadação estadual continua crescendo. Dados da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) apontam que, somente nos primeiros cinco meses de 2021, a arrecadação total, com impostos e outras receitas, acumulou uma alta de 25,4%, em comparação a mesmo período de 2020, com um montante de R$ 33,8 bilhões.

 

A Arrecadação Total das Receitas Estaduais atingiu, em julho de 2021, R$ 574,23 milhões, registrando uma retração real de 8,83% em relação a julho de 2020. No acumulado do período de janeiro a julho de 2021, a Arrecadação Total das Receitas Estaduais foi R$ 4,25 bilhões, apresentando um crescimento real de 7,05% em relação ao mesmo período de 2020.

 

Dados do mês de julho deste ano atestam que os Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria representaram uma arrecadação de R$ 418,16 milhões, com variação nominal de 23,97% e real de 13,74% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Nas Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), a receita com os impostos recolhidos foi de R$ 332,97 milhões, com variação nominal de 29,64% e real de 18,94% em relação ao mesmo mês de 2020.

 

No período de janeiro a julho de 2021, a arrecadação acumulada foi de R$ 2,68 bilhões, com variação nominal de 21,09% e real de 13,31% em relação ao mesmo período do ano anterior. Sobre o ICMS, a receita acumulada no mesmo período foi de R$ 2,13 bilhões, com crescimento nominal de 28,25% e real de 20,00% em relação ao mesmo período de 2020.

Notícias sobre:

arrecadação estado aumento receita