Palmas, Tocantins -

Estado


Semana da Controladoria
537 visualizações

Carlesse enaltece atuação da CGE e quer deixar Estado controlado e com recursos

Declarações foram feitas na abertura da I Semana da Controladoria, que vai debater as temáticas do controle interno, da transparência, do controle social, da ouvidoria e da correição
- Atualizada em
Washington Luiz/Governo do Tocantins

“Eu não aceito que tapem o erro. É pra clarear, é pra deixar bem claro que o dinheiro público ele não pode ser jogado no lixo. É nossa responsabilidade fazer o melhor e utilizar da melhor forma possível, voltando esse dinheiro para a comunidade”, foi com essa declaração que o governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), abriu as atividades da I Semana da Controladoria: promovendo a governança.

 

O evento, promovido pela Controladoria-Geral do Estado (CGE-TO), será transmitido ao vivo pelo canal da CGE no YouTube até sexta-feira, 17, traz um espaço de discussão, troca de experiências e debates em torno das temáticas do controle interno, da transparência, do controle social, da ouvidoria e da correição.  

 

Na ocasião, Carlesse lembrou que em 2018 iniciaram uma missão, que de acordo com ele, era colocar o Estado nos trilhos. “Eu, o meu vice-governador Wanderlei e toda nossa equipe, hoje nós ficamos muito orgulhosos pelo que já fizemos e tem muito mais a fazer ainda”, ressaltou, estendendo elogios à equipe do secretário-chefe da CGE, Senivan Almeida de Arruda.

 

Para o governador, a equipe da Controladoria é competente e passa confiança. “Pois sabemos que lá nas outras pontas (outras secretarias), vocês estão orientando, organizando e corrigindo para que não venha errar e perder dinheiro público”, destacou. Senivan agradeceu pelo momento, que para ele é de grande importância para a governança pública, e pela confiança de Carlesse em deixá-lo gerir a pasta.  

 

Mauro Carlesse finalizou dizendo que pensa em deixar um Estado bem tranquilo, controlado, com recursos em todas as áreas. “Para isso, o Estado tem que ser muito rígido”, finalizou.

 

Integração de sistemas

 

O governador colocou em pauta que hoje necessitam integrar seus sistemas, para que as informações possam ser diárias e os problemas resolvidos com rapidez. “Não informações em um papel ou porque o secretário falou, ou algum servidor, nós temos que estar com isso diariamente, aí essas correções serão feitas muito mais rápido”, observou.

 

Carlesse complementou que tem feito muitas cobranças de sua equipe, pois segundo ele, o tempo é curto e quer ver as coisas funcionando. “Qualquer gestão, ela tem data de entrada e de saída. E com esse período a gente está aí fazendo o melhor para que a gente deixe o Estado, no futuro, muito melhor do que nós pegamos”, encerrou.