Palmas, Tocantins -

Estado


Plano de Saúde
595 visualizações

Dom Orione deixa de atender pelo Servir e Estado credencia novo hospital em Araguaína

O Hospital Dom Orione informou que deixará de atender pelo convênio no dia 20 de agosto. O Estado disse que o Instituto Sinai já foi credenciado e atenderá a partir do dia 15 de agosto.
- Atualizada em
Divulgação/Hospital Dom Orione

Após o Hospital Dom Orione, unidade particular localizada em Araguaína, divulgar que deixará de atender usuários do plano de Saúde dos servidores do Tocantins, o Servir, no dia 20 de agosto, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração (Secad) confirmou o descredenciamento em nota enviada à imprensa, informando que um novo prestador de serviços hospitalares já foi credenciado.

 

De acordo com a nota da pasta, a suspensão do credenciamento foi uma decisão tomada pelo Hospital Dom Orione, “por não se adaptar às regras estabelecidas pelo Plano, que é a mesma para todos os hospitais credenciados. De acordo com o contrato com o Hospital Dom Orione, o prestador deve atender os beneficiários até o dia 20 de agosto”. Entretanto, o Dom Orione disse que a decisão pelo encerramento do atendimento pelo convênio “se dá em virtude das dificuldades administrativas encontradas entre a operadora e o hospital, tornando inviável sua manutenção”.

 

A Secad garantiu que, para não deixar os usuários desassistidos, o Instituto Sinai foi credenciado e começará a atender com porte hospitalar a partir do dia 15 de agosto. Atualmente, o Instituto Sinai é responsável por 20 leitos de UTI Covid em Araguaína.

 

Confira a nota da Secretaria de Estado da Administração na íntegra:

 

A Secretaria de Estado da Administração informa que, o Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Servir) já credenciou um novo prestador de serviços hospitalares que está apto a atender na região de Araguaína.

 

Ressalta-se que a medida suspensiva do descredenciamento foi alternativa tomada pelo Hospital Dom Orione, por não se adaptar às regras estabelecidas pelo Plano, que é a mesma para todos os hospitais credenciados. De acordo com o contrato com o Hospital Dom Orione, o prestador deve atender os beneficiários até o dia 20 de agosto.

 

Dessa forma, para não gerar descontinuidade de atendimento, o hospital Monti Sinai foi credenciado, que já atende na região e passará a atender com porte hospitalar, a partir do dia 15 de agosto deste ano.

 

Reiteramos o compromisso do Servir com a saúde dos seus beneficiários na oferta de atendimento de qualidade e com segurança.