Palmas, Tocantins -
Troca de farpas
1.731 visualizações

Ministra do STF intima Vicentinho Júnior por calúnia e difamação contra Carlesse

De acordo com o advogado do governador, um outro processo tramita na Comarca de Palmas pedindo reparação por danos morais.
- Atualizada em
Reprodução

O deputado federal do Tocantins Vicentinho Júnior (PL) foi intimado pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber, a dar explicações em um prazo de 15 dias sobre supostas ofensas feitas ao governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM). As injúrias foram divulgadas em vídeos publicados nas redes sociais. Confira o documento aqui.

 

A decisão da ministra foi emitida com base em uma queixa-crime registrada pelos adovagados de Carlesse, no dia 14 de agosto por calúnia e difamação, em desfavor do parlamentar. O texto da queixa diz que Vicentinho fez declarações inverídicas e ofensivas à honra do governador, com o propósito de denegrir sua imagem.

 

O texto afirma ainda que os jornais locais repercutiram o vídeo e que o mesmo circula no aplicativo de comunicação Whatsapp. A divulgação teria ocorrido no dia 10 de julho de 2019.

 

No vídeo, em questão, Vicentinho diz “instituiu-se no Tocantins uma corrupção velada, porém maldosa, que corrompe e faz com que tocantinenses tenham a vida ceifada por simples falta de medicamentos, mas não faltam R$ 30 milhões a serem desviados por empresas ligadas a um superintendente que sequer foi exonerado do seu governo”.

 

Em agosto, durante um evento no Palácio, o governador chegou a comentar de maneira indireta a provocação e disse que o parlamentar poderia ser inimigo dele, porém, não poderia ser inimigo do povo. 

 

O deputado foi procurado para comentar o acaso e o T1 aguarda posicionamento. 

 

 

Danos Morais e Audiência de Conciliação

De acordo com o advogado do governador, um outro processo tramita na Comarca de Palmas pedindo reparação por danos morais. "o pedido foi feito diante as inúmeras ofensas não ao governador do Tocantins, mas a pessoa Mauro Carlesse" explicou o advogado. 

 

No despacho do dia 12 de agosto, o juiz Lauro Augusto designou uma audiência de conciliação entre os dois políticos. A audiência está marcada para o dia 13 de novembro deste ano.

Notícias sobre:

maurocarlesse vicentinho