Palmas, Tocantins -

Minha Opinião

Roberta Tum

Roberta Tum

roberta.tum.9 @robertatum

Colunista do Editorial Minha Opinião


Assembléia
380 visualizações

Damaso e Paulo Roberto sobem o tom em plenário por críticas à Gaguim

Os deputados Paulo Roberto (PR) e Osíres Damaso (DEM) se alfinateram em plenário nesta terça, 1º por causa de críticas ao governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB). Para amenizar a discussão, deputados da base se reúnem na sala vip....
- Atualizada em

Os ânimos estão exaltados na Assembléia Legislativa nesta terça, 1º . Os deputados subiram o som em plenário em resposta à críticas do deputado de oposição, Osíres Damaso (DEM) que criticou a gestão do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB). Deputado chamou Gaguim de “medíocre”, o que foi o pontapé inicial para a discussão.A sessão foi suspensa por 40 minutos depois da discussão.

 O deputado Paulo Roberto (PR) disse que o deputado não deveria se referir dessa maneira ao governador. “Não acho prudente baixar o nível, até porque somos deputados e não devemos nos referir assim ao governador”, disse. Paulo Roberto lembrou ainda que Gaguim respeita os deputados e disparou: “a mediocridade vem de quem chama ele de medíocre”, disse.

 O embate entre Damaso e Paulo Roberto foi ainda para o campo pessoal, onde o republicano disse que o democrata deveria agradecer à Gaguim por ter assumido a vaga de suplente. Damaso rebateu e disse que teve mais votos que Paulo Roberto e que quem deu o mandato foi o povo.

O depuatdo Toinho Andrade (DEM) também participou das discussão e pediu que Paulo Roberto tivesse calma e parabenizou ainda a atitude de Damaso. “Gostaria que quando o senhor de referisse que a Assembléia elegeu esse governador, lembrasse que eu não votei nele”, disse.

Halum pede equilíbrio

O deputado César Halum (PPS) se pronunciou sobre a discussão e pediu que os deputados se preocupassem com o respeito na Casa de Leis. Halum disse que discorda da maneira de tratamento de Damaso para com o governador. “Semana passada o senhor chamou ele de fraco, agora de medíocre, acho que o respeito tem que imperar aqui”, falou.

A líder do governo, Josi Nunes (PMDB) também saiu em defesa de Gaguim e enumerou algumas ações que o governador fez nesses quase três meses à frente do Estado. Josi pediu que todos tivessem mais calma para lidar com esse momento político do Estado.