Palmas, Tocantins -

Minha Opinião

Roberta Tum

Roberta Tum

roberta.tum.9 @robertatum

Colunista do Editorial Minha Opinião


Cassação de mandatos
268 visualizações

Juiz começa ouvir esta semana dissidentes do DEM

Os deputados estaduais que saíram do Democratas enfrentam na justiça a luta para continuar com os mandatos.Nesta quinta, 3, o juiz eleitoral começa a ouvir as testemunhas. A expectativa da defesa do Democratas é que dentro de 40 dias os processos sej...
- Atualizada em

A briga judicial entre os deputados estaduais que mudaram de partido já começa a andar no Tribunal Regional Eleitoral. Esta semana, os juízes eleitorais vão começar a ouvir as testemunhas dos deputados César Halum (PPS) e Paulo Roberto (PR) que saíram do Democratas alegando discriminação política.Na quinta, 3, em Babaçulândia a primeira testemunha ouvida vai defender Halum e no dia 10, em Taguatinga, as testemunhas de defesa de Paulo Roberto vão se manifestar.

Depois que as testemunhas forem ouvidas, o processo segue para os relatores de cada caso. A expectativa do advogado do Democratas, Valdiney Moraes, conforme ele revelou ao Site Roberta Tum, é que em 40 dias o processo seja julgado. “Essas testemunhas vão sair em defesa dos deputados e culpar o partido mas não houve motivos gerados pela sigla para que eles saíssem”, falou o advogado.

Moraes ressalta que as alegações dos deputados não vão impedir a cassação dos mandatos, já que de acordo com a Constituição o mandato é do partido. O deputado Ângelo Angolin (PDT) também saiu da sigla e também enfrenta na justiça a luta pelo mandato. A desfiliação em conjunto, segundo os deputados, foi motivada por declarações da senadora Kátia Abreu (DEM) na mídia nacional, criticando os deputados que participaram da composição do governo de Carlos Henrique Gaguim (PMDB).

Caso Nilmar

O processo de cassação do mandato da deputada federal Nilmar Ruiz (PR) que também saiu do DEM, pode ser analisado no início do próximo ano pelo Tribunal Superior Eleitoral.Nilmar foi a primeira a deixar a sigla.