Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Em Paraíso
392 visualizações

Preso em Brasília suspeito de praticar homicídio consumado e dois homicídios tentados

Homem, 39 anos de idade, não teve a identidade divulgada, estava foragido e foi preso graças a uma ação conjunta entre as Polícias Civil do Tocantins e do estado do Pará
- Atualizada em
Descrição: Acusado será recambiado para Paraíso Dennis Tavares/Ascom SSP-TO

Uma ação conjunta deflagrada no domingo, 21, resultou na prisão de um indivíduo de 39 anos de idade. O investigado é o principal suspeito de assassinar um homem e ferir gravemente um de seus enteados, fatos ocorridos no dia 08 de fevereiro de 2021, no município do Vale do Araguaia.

 

A operação foi realizada pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da 6ª Divisão de Repressão ao Crime Organizado (6ª DEIC), de Paraíso, e com apoio da Polícia Civil do Pará, Polícia Rodoviária Federal (PRF), e também do Comando de Operações de Divisas de Goiás (COD-GO).

 

Coordenada pelo delegado-chefe da 6ª DEIC, Hismael Athos, a operação teve início ainda no sábado, 20, quando os policiais civis da Unidade Especializada obtiveram informações sobre o paradeiro do suposto autor. “Já investigávamos os fatos e de posse do mandado de prisão, nossas investigações indicaram que o homem poderia estar nos estados do Pará, Goiás ou então, no Distrito Federal. Desse modo, solicitamos apoio das forças de segurança dos dois estados, além da PRF”, ressaltou.

 

Após compartilhamento de informações, os investigadores da 6ª DEIC, conseguiram apurar que o indivíduo estaria na cidade de Ceilândia-DF. Assim, as informações foram repassadas a Polícia Rodoviária Federal, que então conseguiu efetuar a captura do homem, em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Paraíso.

 

Após a realização das providências legais cabíveis, o homem foi recolhido à Cadeia Pública da cidade, onde aguardará recambiamento para Paraíso do Tocantins.

 

Segundo o delegado Hismael Athos, a prisão do investigado é de suma importância para o completo esclarecimento do crime, que chocou a população de Paraíso devido à extrema violência empregada em sua prática. “Agora, vamos dar prosseguimento às investigações para esclarecer a motivação para a prática desses crimes'', frisou o Delegado.

 

Vale ressaltar que o investigado é considerado de alta periculosidade, já possui passagens pela Polícia por porte de arma de fogo e é suspeito de atuar como pistoleiro.

 

O crime

 

Segundo o apurado pela Polícia Civil, na noite do dia oito de fevereiro, sem motivo aparente, o suspeito chegou até a residência da vítima, localizada no Setor Nova Fronteira, em Paraíso, onde sacou uma pistola e efetuou vários disparos contra o homem, que acabou vindo a óbito no local.

 

Tentativa de homicídio

 

Ao ver seu padrasto caído e mortalmente ferido, um dos enteados da vítima, entrou em uma camionete e iniciou uma perseguição ao autor, que por sua vez, efetuou vários disparos que atingiram o capô e o pára-brisa do veículo, não atingindo o jovem, pois este se abaixou.

 

2ª Tentativa de homicídio

 

Pouco tempo depois, outro enteado do homem, que também havia presenciado os fatos, passou a correr atrás do atirador, momento em que este efetuou vários disparos contra o jovem, que foi atingido várias vezes, no tórax e também no rosto. Atualmente, ele se encontra internado em estado gravíssimo no Hospital Geral de Palmas. Na ocasião, o autor dos crimes conseguiu fugir somente sendo localizado e preso neste domingo.