Palmas, Tocantins -

Política


Polêmica em Gurupi
1.002 visualizações

Carlesse diz que recebeu decisão com surpresa e estranhamento; Josi vai recorrer

Prefeitura de Gurupi informou que as medidas judiciais cabíveis já estão sendo providenciadas para reverter a sentença. Carlesse disse que os seus advogados já trabalham no recurso contra a decisão
- Atualizada em
Descrição: Josi Nunes (PSL) e Mauro Carlesse (PSL) Esequias Araújo/Governo do Tocantins

Após o juiz da 2ª Zona Eleitoral de Gurupi, Nilson Afonso da Silva, em decisão publicada neste sábado, 04, cassar os diplomas da prefeita do município, Josi Nunes (PSL), e do vice-prefeito, Gleydson Nato (PTB), além de declarar ineligibilidade dos dois e do governador afastado Mauro Carlesse (PSL) pelo prazo de oito anos, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Gurupi, em nota encaminhada à imprensa, informou que a prefeita e o vice-prefeito receberam com muita serenidade a decisão de 1ª instância e reafirmam que a sentença não possui efeito imediato. "Portanto, permanecem prefeita e vice-prefeito de Gurupi", observam.

 

Conforme a assessoria, as medidas judiciais cabíveis já estão sendo providenciadas para reverter a sentença. "Assim, reiteram seu compromisso com a população gurupiense que os elegeu democraticamente com a grande maioria dos votos. E, afirmam que seguem trabalhando com a mesma seriedade e comprometimento, certos de terem agido dentro da legalidade", finalizaram.

 

Mauro Carlesse diz que recebeu decisão com surpresa e estranhamento

 

Em nota, a assessoria de imprensa do governador afastado Mauro Carlesse (PSL) informou neste sábado, 04, que ele recebeu com surpresa e estranhamento a decisão judicial referente às eleições municipais em Gurupi. "Estranhamento em virtude da decisão ocorrer justamente no momento em que Mauro Carlesse encontra-se afastado do cargo e enfrenta outra batalha judicial", observa. 
 

Conforme Carlesse, apesar de respeitar a decisão, ele diz que "é preciso destacar que as referidas denúncias usadas como base da sentença já haviam sido desconsideradas pelo Ministério Publico Eleitoral, em virtude da fragilidade do conjunto de provas. Ao reafirmar o respeito ao trabalho da Justiça Eleitoral em Gurupi, é preciso lamentar seus efeitos, que resultam em insegurança e instabilidade", ressalta. 

Mauro Carlesse informou que os seus advogados já trabalham no recurso que irão apresentar. "Confiamos que a decisão em primeira instância será reformulado e a nossa inocência será decretada. Pois tudo que fizemos foi esclarecer as pessoas de que uma gestão em parceria entre o Município e o Estado seria o melhor para Gurupi e assim vinha ocorrendo", pontuou. 

Por fim, o governador afastado esclareceu que todos os efeitos desta decisão só podem ser considerados definitivos após o julgamento do recurso que irão apresentar. "Portanto, ainda não há que se falar em afastamento da prefeita e do vice e nem em inelegibilidade", encerrou. 

 

Confira a nota da Prefeitura de Gurupi na íntegra: 

 

NOTA

 

A Prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e o vice-prefeito, Gleydson Nato, vem a público esclarecer que recebem com muita serenidade a decisão de 1ª instância divulgada neste sábado, 04, e reafirmar que a sentença não possui efeito imediato. Portanto, permanecem Prefeita e Vice-prefeito de Gurupi.

 

Informam que as medidas judiciais cabíveis já estão sendo providenciadas para reverter a sentença. 

 

Assim, reiteram seu compromisso com a população gurupiense que os elegeu democraticamente com a grande maioria dos votos. E, afirmam que seguem trabalhando com a mesma seriedade e comprometimento, certos de terem agido dentro da legalidade.

 

Confira a nota do governador afastado Mauro Carlesse:

 

Nota governador Mauro Carlesse

04/12/2021

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, recebe com surpresa e estranhamento, decisão judicial referente às eleições municipais em Gurupi, vencidas no voto pela chapa da prefeita Josi Nunes e do vice Gleydson Nato. Estranhamento em virtude da decisão ocorrer justamente no momento em que Mauro Carlesse encontra-se afastado do cargo e enfrenta outra “batalha” judicial.

Apesar de respeitar a decisão, é preciso destacar que as referidas denúncias usadas como base da sentença já haviam sido desconsideradas pelo Ministério Publico Eleitoral, em virtude da fragilidade do conjunto de provas.

Ao reafirmar o respeito ao trabalho da Justiça Eleitoral em Gurupi, é preciso lamentar seus efeitos, que resultam em insegurança e instabilidade.

É preciso informar a população que nossos advogados já trabalham no recurso que apresentaremos e confiamos que a decisão em primeira instância será reformulado e a nossa inocência será decretada. Pois tudo que fizemos foi esclarecer as pessoas de que uma gestão em parceria entre o Município e o Estado seria o melhor para Gurupi e assim vinha ocorrendo.

Por fim, é preciso esclarecer que todos os efeitos desta decisão, só podem ser considerados definitivos após o julgamento do recurso que iremos apresentar. Portanto, ainda não há que se falar em afastamento da Prefeita e do Vice e nem em inelegibilidade.


Assessoria de Imprensa
Governador Mauro Carlesse