Palmas, Tocantins -
Na Câmara
600 visualizações

CPI do PreviPalmas aprova oitiva de diretor do Instituto e dois empresários

A conclusão dos trabalhos realizados pela CPI do Previ Palmas está previsto para acontecer no dia 5 de julho.
- Atualizada em
Reprodução

A CPI do Previ Palmas aprovou na tarde desta segunda-feira, 13, que mais três pessoas sejam intimadas para depor na Comissão que investiga o desvio de dinheiro do instituto de previdência municipal, o PreviPalmas.

 

Apresentado em plenário pelo presidente da CPI, o vereador Milton Neris (PP), e aprovado pelos demais parlamentares que fazem parte da comissão. Devem ser ouvido nos próximos dias os empresários Marcos Antônio Urcino dos Santos, representante da empresa Max Consultoria; José Antônio Ramos Bittencourt, empresário do Rio Grande do Sul e o Diretor de Investimentos do Previ Palmas, Kauwe Eidi Torres Ueda.

 

A convocação dos três acontece depois que os membro da CPI foram até Belém do Pará, ouvir o lobista Elton Lira. Os citados ainda serão intimados para depor e as datas das oitivas serão marcadas posteriormente pela relatora do processo, a vereadora Laudecy Coimbra (SD).

 

Segundo o presidente da Comissão, vereador Milton Neres (PP), em breve a população de Palmas poderá saber o que de fato aconteceu no Instituto. “Penso que a cada dia está ficando mais claro o que ocorreu e em breve poderemos mostrar para a população palmense e para os servidores como aconteceu, de que maneira e qual medidas essa CPI já tomou e poderá a vir tomar”, concluiu.

 

A conclusão dos trabalhos realizados pela CPI do Previ Palmas está previsto para acontecer no dia 5 de julho.