Palmas, Tocantins -
Eleição do Diretório
561 visualizações

Eleito neste sábado, 19, Zé Roberto comandará o PT Tocantins por mais quatro anos

Em segundo ficou Milne Freitas e em terceiro Eutália Barbosa.
- Atualizada em
Tião Noleto

No 7º Congresso Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins (PT-TO), que ocorreu no sábado, 19, em Palmas, ficou definido o novo Diretório Estadual da sigla. O deputado estadual Zé Roberto foi reeleito o presidente do PT-TO com 136 votos.

 

"Agradeço a cada companheiro e companheira que participou do nosso Congresso Estadual e contribuiu para a democracia do PT. Continuamos nossa tarefa política central, que é a construção de uma alternativa de atuação para garantir a soberania popular no combate ao programa de austeridade das classes dominantes" disse Zé ao T1 nesta segunda, 21.

 

Na disputa, Milne Freitas, conhecido como Freitas do PT, ficou em segundo com 62 votos e em terceiro Eutália Barbosa, com 25 votos.

 

Zé Roberto, que já era o atual presidente da sigla no Tocantins, ficará a frente do Diretório Estadual do PT nos próximos quatro anos.

 

O evento contou com a presença do deputado federal Célio Moura, a deputada estadual Amália Santana, o suplente de senador Donizeti Nogueira, entre outras figuras do partido no Estado.

 

Crescimento 

 

Um dos pontos colocados pelo presidente reeleito foi o crescimento do Partido dos Trabalhadores ao longo dos dois anos de sua primeira gestão. Segundo Zé Roberto, em 2017, o PT tinha 20 mil filiados no estado, porém muitos já haviam falecido e outros filiaram-se em outros partidos e era preciso “passar um pente fino para conhecer o real tamanho do partido”, que após a triagem chegou ao número de 15 mil filiados e filiadas.  e buscar novos companheiros e companheiras” para a luta da Classe Trabalhadora. 

 

“Fazendo um balanço dos últimos dois anos, no nosso mandato, o PT-TO foi o que mais cresceu, proporcionalmente, em todo Brasil, com um aumento de 33% no número de filiados. Chegamos ao número de mais de 20 mil filiados ativos e continuamos nossa luta em defesa da Classe Trabalhadora, em sintonia com as bases sociais e na construção de uma ampla frente de esquerda, socialista e democrática contra o avanço do neoliberalismo”, disse Zé Roberto.  

 

Tese 

 

Conforme a tese da chapa “Por um Partido Socialista e de Luta”, assinada pelas tendências internas do PT-TO: Democracia Socialista (DS), Militância Socialista (MS), Articulação de Esquerda (AE), Movimento PT (MPT), Independente, além dos mandatos parlamentares petistas; o PT Tocantins mantém sua atuação contra o avanço do neoliberalismo e das pautas do ultraconservadorismo.  

 

“Nossa tarefa política central é a construção de uma alternativa capaz de disputar a opinião e avançar a organização da maioria do povo para dar outro rumo ao país. Nossa alternativa baseia-se na soberania popular e no combate ao programa de austeridade das classes dominantes”, consta a tese aprovada no 7º Congresso Estadual. 

 

O fortalecimento dos núcleos de base nos municípios, a garantia da paridade e proporcionalidade na composição das comissões executivas do partido, bem como a priorização de Encontros de Formação Política e de Deliberação, organizados pelas Secretarias de Juventude, Mulheres e LGBT nos municípios.  

Notícias sobre:

pt tocantins zéroberto eleição