Palmas, Tocantins -

Política


Luto
897 visualizações

Morre João Rocha aos 80 anos, um dos primeiros senadores pelo TO, vítima da Covid-19

O ex-senador também foi diretor do Grupo Jaime Câmara e deixou um legado como escritor sobre a história política do Estado. Ele estava internado desde o dia 20 deste mês.
- Atualizada em
Descrição: Ex-senador e ex-diretor do Grupo Jaime Câmara, João Rocha. Reprodução

Faleceu nesta segunda-feira, 26, o ex-senador pelo Tocantins, ex-diretor do Grupo Jaime Câmara e empresário, João da Rocha Ribeiro Dias, aos 80 anos. João estava internado com Covid-19 desde o dia 20 de julho, em Goiânia, chegou a ser entubado, mas não resistiu às complicações da doença.

 

O sepultamento ocorrerá no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia, às 18h desta segunda. Ele deixa a esposa, três filhos, familiares e amigos.

 

João Rocha trabalhou como auxiliar de escritório no Grupo Jaime Câmara em 1959. Entre 1964 e 1966, assinou a coluna intitulada “O Norte em Foco” do jornal o Popular. Formado em Direito pela Univerdade Federal de Goiás (UFG), foi diretor-financeiro da TV Anhanguera, presidente da Associação e do Sindicato das Empresas de Radiodifusão do Estado de Goiás e Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Goiás. Como senador, iniciou seu mandato em 1990 e permaneceu até 1999, não concorrendo à reeleição.

 

Um dos primeiros senadores pelo Tocantins, João participou do processo de emancipação do Estado e deixou um legado como escritor sobre a história política do Tocantins.

 

Confira as notas de pesar:

 

Nota de Pesar - Governador Mauro Carlesse

 

Com pesar, recebi a notícia do falecimento do ex-senador João Rocha, ocorrido nesta segunda-feira, 26, em Goiânia (GO), vítima de complicações causadas pela Covid-19.

 

João Rocha, de 80 anos, foi um dos primeiros senadores pelo Tocantins e participou ativamente do processo de emancipação do Estado. Durante sua trajetória política, cultivou não apenas eleitores, mas admiradores e amigos. Foi diretor do Grupo Jaime Câmara e, em sua carreira como escritor, deixou um legado sobre a história política do nosso Estado. 

 

Neste momento de tristeza, rogo a Deus que conceda o consolo, por meio do seu Santo Espírito, a todos os familiares e amigos que, certamente, sentem a partida de João Rocha. Meus sentimentos a todos. 

 

Nota de Pesar - Ex-deputado Darci Coelho

 

João da Rocha Ribeiro Dias nos deixou. Perdi um amigo. Companheiro de ideais e lutas. O Tocantins perdeu um baluarte de sua criação e consolidação. Senador atuante, teve a admiração e o respeito dos tocantinenses e do mundo político. Homem bom e generoso, granjeou a simpatia de quantos o conheceram. Que Deus o acolha.

 

Nota de Pesar - Arquiteto Walfredo Oliveira

 

Acabo de receber a triste notícia do passamento, em Goiânia, do João Rocha Ribeiro Dias, por um amigo comum. Outro, o Tião Pinheiro, já me havia contado, no Sábado, que ele estava mal.

 

Personagem marcante da história e sociedade goiana, e tocantinense desde antes do Estado, por ser destas bandas e celebrar isto, o João desempenhou por muitos anos o papel de responsável financeiro da Organização Jaime Câmara, e, economista de boa formação, administrador e jornalista bissexto envolveu-se diretamente com os movimentos de formação do Estado do Tocantins desde os tempos de estudante.

 

Foi figura fundamental no desfecho deste desígnio, vindo até a eleger-se Senador pelo novo Estado. Amigo bonachão, bom de verve e copo, conseguia agradar todos que o conheciam. No meu caso, devo-lhe a gentileza de inúmeros elogios, estando eu presente,ou ausente, que ficava sabendo por interpostas pessoas.

 

Vínhamos trocando mensagens virtuais, que vieram parando até eu saber da piora de seu estado de saúde, sob atenção de enfermeiras em tempo integral, e agora deste triste desfecho.

 

Espero que o Senhor, de quem era devoto, o receba com honras, e ajude a consolar a família e outros próximos.