Palmas, Tocantins -

Política


Assembleia Legislativa
1.157 visualizações

Novo pedido de impeachment contra Carlesse é protocolado por advogado na Assembleia

Evandro de Araújo de Melo Júnior protocolou o terceiro pedido de impeachment contra o governador afastado na última sexta, 03. Solicitação foi encaminhada à presidência nesta segunda, 06
- Atualizada em
Rogério Tortola

Foi protocolado na última sexta-feira, 03, na Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins (Aleto) o terceiro pedido de impeachment contra o governador afastado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Carlesse. O documento foi registrado pelo advogado Evandro de Araújo de Melo Júnior e possui 54 páginas.

 

Conforme informações, a peça foi encaminhada à presidência da Assembleia nesta segunda-feira, 06, e aguarda o parecer junto com outros dois pedidos que são analisados pela procuradoria-geral da Casa. A expectativa é que as solicitações sejam discutidas pelos deputados durante sessão nesta terça-feira, 07.

 

Os pedidos requerem o impeachment do governador afastado por supostas práticas ilegais. Os atos são investigados por duas operações da Polícia Federal, Éris e Hygea, deflagradas no dia 20 de outubro, que resultaram em seu afastamento do cargo no mesmo dia, por decisão do Superior Tribunal de Justiça.  A Hygea investiga suposto pagamento de propina ligados ao Plano de Saúde dos servidores. A operação Éris tem como eixo na Secretaria de Segurança Pública (SSP), em que o STJ apura obstrução de investigações iniciadas por delegados de Polícia Civil, que foram transferidos, ao comandar processos por crimes de corrupção envolvendo membros de primeiro e segundo escalão do governo Carlesse.

 

Em entrevista na semana passada, o presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Andrade (União Brasil), afirmou que a conclusão de parecer da análise jurídica da Procuradoria estaria pronta até esta terça-feira, 07. “Eu garanto que até terça-feira da semana que vem nós vamos resolver essa situação”, disse.

 

Pedidos de impeachment

 

O primeiro pedido de impeachment foi protocolado por Cleiton Pinheiro, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Sisepe), no dia 9 de novembro e, o outro, pelo deputado estadual Júnior Geo (PROS), no último dia 24. A Assembleia comunicou no útimo dia 29 que o presidente havia encaminhado os pedidos à Procuradoria. Agora, a Casa soma três solicitações contra o governador afastado.

 

Além dos três documentos já protocolados, a Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Tocantins analisa outro pedido de impeachment contra Carlesse protocolado na OAB no dia 26 de novembro pelo advogado Paulo Roberto da Silva.