Palmas, Tocantins -
Mudança
1.516 visualizações

Secretário deixa Sesmu em apenas 12 dias; vereador coloca nome à disposição

A tenente-coronel Denise Marcela Guimarães e Silva Gomes assume o comando da pasta após a saída de Iranilson, que teria pedido demissão
- Atualizada em
Iranilson Ferreira Mota Arquivo Pessoal

Doze dias após a sua nomeação no cargo de Secretário Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Iranilson Ferreira Mota deixou o cargo, com exoneração publicada no Diário Oficial do Município de Palmas (DOM) do último dia 6. Ele havia sido nomeado no dia 25 de outubro deste ano. A secretária executiva da pasta, a tenente-coronel Denise Marcela Guimarães e Silva Gomes, assume a função com a saída de Iranilson, que teria pedido demissão. Também foi ela quem assumiu a função na ocasião da exoneração da tenente-coronel Welere Gomes Barbosa Silveira da pasta.

 

Em meio a repetidas trocas de comando na pasta, nos bastidores da Câmara de Vereadores ventilou-se essa semana que o parlamentar Filipe Fernandes (DC) estaria articulando junto à prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), assumir a Sesmu. Procurado, ele afirmou que não tem nada disso. “Eu na verdade me coloquei à disposição da prefeita para encarar os desafios da gestão, estou na base dela e isso é natural. Não estou articulando isso, mas se for chamado, como bom soldado, não fujo da guerra”, disse.

 

Saída da Welere

 

Quando Inailson foi nomeado, a Sesmu estava sendo gerida pela secretária executiva da pasta, a tenente-coronel Denise Marcela Guimarães e Silva Gomes, que assumiu a gestão em junho logo após a exoneração da tenente-coronel Welere Gomes Barbosa Silveira do cargo de secretária geral.

 

Welere foi a primeira mulher no comando da Secretaria de Segurança do município e foi empossada assim que a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), assumiu a gestão após renúncia do ex-prefeito Carlos Amastha (PSB), em abril de 2018.