Palmas, Tocantins -

Política


Brasília
3.544 visualizações

STF manda soltar Marcelo Miranda e seu irmão Brito Júnior após 145 dias de prisão

Libertação dos irmãos vem 145 dias após a prisão pela PF. Advogado comemorou e afirma que STF devolveu a dignidade ao processo.
- Atualizada em
Descrição: Marcelo Miranda, ex-governador. Da Web

O ministro Alexandre de Morais, do Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu pedido de Habeas Corpus em favor de Marcelo de Carvalho Miranda, ex-governador do Tocantins, e de seu irmão, o empresário José Edmar Brito Júnior. A decisão é da tarde desta quarta-feira, 19, e foi comemorada pelo advogado da família, Jair Alves Pereira.

 

Por telefone ao T1 Notícias, o advogado resumiu: “O STF devolveu a dignidade a este processo e aos dois irmãos que estava presos. Eu nunca pedi o trancamento do processo, mas que eles pudessem responder em liberdade às acusações”. Marcelo deve deixar o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas, onde está preso, e o irmão a Casa de Prisão Provisória da Capital, durante a noite.

 

O ex-governador Marcelo Miranda se encontrava preso desde o dia 26 de setembro, numa operação da Polícia Federal, desdobramento da Operação Rei do Gado. Na mesma ocasião, foram presos seu pai, José Edmar de Brito Miranda e seu irmão, Brito Jr.

 

 

Marcelo, o pai o e o irmão: todos soltos. 

 

O pai foi solto mediante pagamento de fiança alguns dias após a prisão.

 

O argumento utilizado para manter a prisão dos irmão, Marcelo Miranda  e Júnior, era o perigo que eles poderiam levar às investigações, intimidando ou influenciando pessoas.