Palmas, Tocantins -

Meio Ambiente


Inscrições
1.168 visualizações

Donos de mais de 80 mil imóveis rurais devem fazer o Cadastro Ambiental Rural

A Semades tem buscado recursos no Fundo da Amazônia para ampliar o número de cadastros realizados.
- Atualizada em
Descrição: 83 mil imóveis rurais devem se cadastrar Web

Nos próximos dois anos, 83 mil imóveis rurais  devem se cadastrar no Cadastro Ambiental Rural. A informação é da diretora Geral de Meio Ambiente e Florestas da Semades, Marli Santos, que explicou que o Cadastro, aprovado  no mês de maio deste ano,  faz parte do novo Código Florestal.


Ao Portal T1 Notícias, a diretora explicou quais produtores devem fazer deste cadastro e a importância. "Sem este cadastro os produtores responsáveis pelas  atividades de irrigação, produção de grãos,  de granja de galinha e de porco não conseguirão fazer empréstimos em bancos sociais. Até agora a  Secretaria já realizou o cadastro de   6.800 produtores na antiga Licença Florestal da Propriedade Rural. Isto corresponde a aproximadamente  8% do universo de imóveis rurais", disse.


Marli destacou também que a Semades tem buscado recursos no Fundo da  Amazônia para ampliar o número de cadastros realizados. “Estamos buscando recursos de 44 milhões de reais junto ao Fundo da Amazônia para realizar o cadastro de 96 municípios. A nossa previsão é que neste mês tenhamos a aprovação final deste recurso pelo BNDES, que é o gestor do Fundo ", explicou.


Regulamentação do Card
No final do mês passado a Semades representou o Tocantins no encontro que reuniu os nove estados integrantes do bioma amazônico, realizado pelo Ministério do Meio Ambiente, em Brasília.


Entre os temas debatidos esteve a regulamentação e padronização do Cadastro Ambiental Rural em conformidade com o Programa de Regulamentação Ambiental e o novo Código Florestal.


Para desenvolver este trabalho e facilitar o cadastramento estão previstas parcerias entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para juntos desenvolverem as ações que irão facilitar a implementação do novo Código via sistema CAR e o programa PRA.

 

Notícias sobre:

cadastro rural semades tocantins