Palmas, Tocantins -

Meio Ambiente


Em São Felix
998 visualizações

Plano de Manejo visa incentivar ecoturismo e preservar a natureza

De acordo com o coordenador de compensação ambiental da Semades, Fabrízio Rafael Fonseca, um dos principais objetivos do Plano é incentivar o ecoturismo e verificar quais atividades produtivas devem
- Atualizada em

 

Incentivar o ecoturismo e preservar a natureza. Este é o objetivo do Plano de Manejo do Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono, em São Felix do Tocantins. O documento que deve ficar pronto no mês que vem visa nortear as áreas e as atividades produtivas que poderão acontecer na Unidade de Conservação (UC).

Ao Portal T1 Notícias, o coordenador de compensação ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente, Fabrízio Rafael Fonseca, explicou qual o principal objetivo da ação. “A proposta do Plano é exatamente definir quais atividades produtivas  que vão existir na unidade de conservação e elaborar o conjunto de atividades necessárias para a gestão e uso sustentável dos recursos naturais”, explicou.

Ainda segundo Fonseca, a apresentação da proposta inicial do Plano de Manejo foi ministrada no último sábado, 13, com a presença da comunidade. “A expectativa foi alcançada, tivemos uma participação satisfatória das pessoas que poderão dar sua opinião sobre o que deve ou não ser feito no local. A proposta é exatamente esta, construirmos junto com a comunidade este documento”, afirmou.

Sobre a unidade de conservação

O Monumento Natural Canyons e Corredeiras do Rio Sono é  a primeira unidade de conservação municipal de proteção integral do Estado. Com 1.286 hectares  está localizada em São Félix do Tocantins, um dos primeiros municípios a instituir o Sistema Municipal de Unidades de Conservação.

Além da Semades, o Naturatins e a Jica – Agência Japonesa de Cooperação Internacional apoiaram a prefeitura de São Félix do Tocantins na criação do Monumento Natural.

(Com informações da Semades)