Palmas, Tocantins -

Meio Ambiente


Recuperação
914 visualizações

Projeto Renascer da Coapa melhora qualidade de água em zonas rurais

A Coapa de Pedro Afonso realiza a recuperação das fontes de água natural nas propriedades rurais através do projeto Renascer que tem como objetivo melhorar a qualidade da água para consumo das famílias e seu uso na irrigação de plantações. De acordo
- Atualizada em

Coapa- Cooperativa Agroindustrial de Pedro Afonso realiza através do projeto Renascer a recuperação das fontes de água natural nas propriedades rurais. A intenção é conservar o meio ambiente melhorando a qualidade da água para consumo das famílias e o seu uso na irrigação de plantações.

De acordo com o coordenador do projeto, Vanderlei de Souza, cinco famílias já foram atendidas pelo projeto e mais duas aguardam o início dos trabalhos. “Isto é muito bom e mostra que nosso trabalho tem gerado resultados satisfatórios. Como é um método simples para participar, a família só precisa entrar em contato com a área técnica da Coapa e falar do seu interesse. E como são 338 nascentes naturais em Pedro Afonso acredito que esse quantitativo só tem a aumentar ”, explicou.

Ainda segundo o coordenador, o produtor rural que deseja recuperar a fonte de água tem apenas um custo na aquisição dos materiais. “Ele tem um custo de R$100 a R$ 200 reais com a aquisição desses materiais. Uma vantagem é que o trabalho é rápido e dependendo do local gastamos no máximo oito horas”, completou.

Como funciona

Ainda de acordo com Souza, o primeiro passo para implantação do projeto é identificar a nascente de água. “A partir do momento que identificamos a nascente podemos fazer a construção da barragem, colocar canos para a água ser encanada, esta que pode ser usada para uso na residência ou correr livremente para o terreno da propriedade. A única coisa que recomendamos a esses produtores é que os mesmos voltem a plantar árvores nativas próximas a essas nascentes e que isole este local, evitando assim a presença de animais domésticos”, explicou.

Souza ressaltou também que uma das principais contribuições do projeto é evitar doenças causadas por coliformes fecais. “Porque as nascentes ficam protegidas de animais e insetos. Além disso, o produtor tem água de qualidade o ano todo, principalmente no período de estiagem”, explicou.