Palmas, Tocantins -

Minha Opinião

Roberta Tum

Roberta Tum

roberta.tum.9 @robertatum

Colunista do Editorial Minha Opinião


Assembléia
250 visualizações

Homenagem à Gaguim será votada pelos deputados apenas em 2010

O Título de Cidadão Tocantinense proposto para homenagear o governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) será colocado em votação na Assembléia apenas no retorno dos trabalhos na Casa de Leis, como explica o presidente Júnior Coimbra (PMDB) que propôs o ...
- Atualizada em

O presidente da Assembléia Legislativa, Júnior Coimbra (PMDB) encaminhou á mesa diretora da Casa um projeto de lei que concede o Título de Cidadão Tocantinense ao governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB). O projeto foi encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça da Casa na quarta, 10, e deve ser colocado em votação pelos parlamentares apenas no próximo ano.

Coimbra disse ao Site Roberta Tum que o projeto deve entrar em votação em plenário apenas depois do recesso parlamentar. O presidente diz ainda que a iniciativa é para reconhecer a trajetória de Gaguim que foi funcionário público, passando pela carreira de vereador, deputado estadual e chegando a ocupar o governo do Estado.

Coimbra apresenta na justificativa um histórico sobre a trajetória de Gaguim no Estado, desde 1988 quando veio para o Tocantins.

Críticas

Coimbra diz que não há cunho político em propôr a concessão do Título à Gaguim. “É por merecimento, o título reconhece a contribuição de personalidades do Estado para a construção do Tocantins e o governador merece”, disse. A oposição classificou o intuito do projeto como uma ação eleitoreira para levantar o nome do governador tendo em vista as eleições do próximo ano. Pelo fato dos parlamentares do Estado não aprovarem a moção de aplausos à senadora Kátia Abreu (DEM) os dois deputados podem votar contra  ou se abterem da votação.

De plantão

Os parlamentares vão ficar à disposição do governador para votar os projetos que ele deve encaminhar à Assembléia depois que voltar da missão oficial no exterior, dia 22. Conforme a líder do governo, Josi Nunes (PMDB) os parlamentares vão ficar de prontidão e devem ainda na próxima semana aprovar os projetos que serão encaminhados.