Palmas, Tocantins -

Minha Opinião

Roberta Tum

Roberta Tum

roberta.tum.9 @robertatum

Colunista do Editorial Minha Opinião


Câmara Municipal
689 visualizações

Valdemar propõe moção de aplauso a Kátia, Barbosa acata

O vereador Valdemar Júnior (DEM) apresentou na sessão desta quarta-feira, 9, um requerimento em regime de urgência de pedindo a mesa diretora da Câmara o envio de uma moção de aplausos a senadora Kátia Abreu (DEM). Mesmo rebatida pelo líder do govern...
- Atualizada em

Na manhã desta quarta-feira, 9, o vereador Valdemar Júnior (DEM) entrou com um requerimento, em regime de urgência, pedindo o envio de uma moção de aplausos à senadora Kátia Abreu pela escolha da parlamentar tocantinense como uma das 100 pessoas mais influentes da Brasil em 2009, pela Revista Época.

Ao citar a matéria da Revista Época desta semana, que traz uma relação dos 100 brasileiros mais influentes em 2009, Valdemar falou, “na lista figuram pessoas ilustres como o presidente Lula, Marina Silva, a ministra Dilma Rousseff, o ministro Gilmar Mendes, e apenas um único tocantinense, a senadora Kátia Abreu”. O vereador ainda citou, “a representatividade do Tocantins é pequena, mas é um orgulho ter uma representante política polêmica, controversa, uma parlamentar da minha capital, do meu partido, me orgulha muito, deixa qualquer tocantinense feliz, emocionado”.

Apoios

A moção de aplausos proposta por Valdemar Junior foi subscrita pelos vereadores Fernando Rezende (DEM), Cavalcante (PP), Cirlene Pugliesi (PMDB) e Lúcio Campelo (PR). Rezende ao defender a moção chamou de desprezível a atitude da Assembléia, onde os deputados rejeitaram a moção de aplausos à senadora requerida pelo deputado Osires Damaso (DEM).

Néris fica contra

O líder da oposição, vereador Milton Néris (PT), se manifestou contra a moção e fez criticas à postura da senador para com o povo tocantinense. “Não aprovo, a senadora virou as costas para o Tocantins, ela tirou as terras dos camponeses de Campos Lindos, ela fez de tudo para estar na mídia nacional”. Néris continuou seu posicionamento argumentando que Kátia não defendeu os interesses do povo, “ela derrubou a CPMF, que tirava dos mais ricos, não do pobre, para defender os interesses da Votorantin, da Vale do Rio Doce, ela foi implacável, eu não comungo da posição, só porque ela apareceu na Revista Época, preferiria que ela não aparecesse e ajudasse o povo tocantinense”

O vereador Gustavo Coelho também se manifestou contra, e disse que seu posicionamento era em nome do Movimento de Luta Pela Moradia.

Barbosa acata

Sobre a moção de aplauso à senadora, não foi a votação no plenário, questionado o presidente da Casa, Wanderlei Barbosa (PSB) explicou que ela não vai a votação no plenário devido a regimento interno da Câmara Municipal, ele explicou, “está no artigo 120 do regimento interno, é uma iniciativa do vereador, ele propõe e encaminhado ao presidente, e essa e uma prerrogativa do presidente acatar ou não o pedido”. Na oportunidade Barbosa externou seu posicionamento, “eu não tenho nada contra a senadora, é justo o pleito do vereador Valdemar Júnior”.