Nunca a advocacia jovem foi tão valorizada como agora

Advogado Matheus Martins
Descrição: Advogado Matheus Martins

O início de carreira é difícil para a grande maioria. Na advocacia não é diferente. Enfrentamos diversos desafios num mercado altamente competitivo. Toda ajuda é fundamental para o advogado e a advogada que estão começando uma trajetória profissional.

 

Ao longo dos quase 33 anos de existência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Tocantins, que serão completados em abril, nunca a advocacia jovem foi tão valorizada e teve tanto espaço efetivamente representativo como agora. Dizer o contrário seria ignorar tudo que os jovens advogados e advogadas conquistaram ao longo dos últimos 3 anos. Foram muitas conquistas!

 

A atual gestão da OAB Tocantins, liderada pelo presidente Dr. Gedeon Pitaluga, fez o maior programa de qualificação da história da Ordem no Estado, contabilizando mais de 5 mil inscrições nos diversos cursos, palestras e workshops oferecidos a toda classe, além de uma pós-graduação, em parceria com a Unitins, totalmente gratuita, fato esse inédito na história da Ordem e que contou com a adesão em massa da jovem advocacia, que preencheu a maior parte das vagas. 

 

Boa parte dos cursos foi no formato EaD e resolveu uma necessidade premente de atender também a jovem advocacia do interior. A melhoria inconteste da qualificação da advocacia foi uma das grandes realizações da atual gestão da OAB/TO, que ajudou centenas de advogados e advogadas em início de carreira a se qualificar e se posicionar melhor no mercado, preparando ainda mais a jovem advocacia para os desafios do começo do exercício profissional.

 

A atual gestão da OAB Tocantins também olhou para a jovem advocacia quando ampliou os descontos oferecidos no pagamento da anuidade. Se antes os jovens advogados inadimplentes eram negativados, protestados e sofriam até a ameaça de responderem a processos disciplinares, a atual gestão acabou com essa prática. Hoje a anuidade da OAB Tocantins é a mais barata do Brasil, uma grande conquista não apenas para a jovem advocacia, mas também para todos os advogados e advogadas do Estado.

 

A estrutura de atendimento da Ordem foi modernizada e ampliada. A OAB Tocantins foi a pioneira em todo o país na implantação do projeto OAB 4.0, um ambiente inovador e de alta tecnologia, que disponibiliza, sobretudo à advocacia jovem, uma estrutura completa para que o advogado e a advogada possam trabalhar, fazer audiências virtuais, receber clientes com todo o conforto, possuindo até espaços exclusivos para fazer a sustentação oral em seus processos. Tudo com o suporte integram de um profissional de TI oferecido pela OAB. 

 

Dessa maneira a advocacia jovem, que ainda não conta com escritório próprio, é beneficiada com um local para realizar seus primeiros atendimentos a clientes e fazer de suas audiências, até a tão sonhada condição profissional que o permita montar seu primeiro escritório.

 

Ainda temos o Escritório Compartilhado “Danilo Sandes”. A Caixa de Assistência da Advocacia do Tocantins (CAATO) transferiu o escritório compartilhado para a sede da OAB, garantindo um espaço totalmente reformulado, com sala de reuniões informatizada e ambientes individuais de atendimento com computadores, dando total comodidade e condições de trabalho para a jovem advocacia, mantendo em sua integralidade e até ampliando os serviços antes oferecidos no antigo local.

 

Isso sem contar o programa Anuidade Zero, que inovou na forma de custear a anuidade da Ordem, a realização da Conferência da Jovem Advocacia, o espaço alcançado por representantes da advocacia em início de carreira do Tocantins nas discussões nacionais do Conselho Federal, a efetiva participação da advocacia jovem no quadro do Conselho Seccional, pauta que foi conquistada após a quebra da cláusula de barreira que foi um movimento nacional aderido de forma expressiva na composição do Conselho, tendo inclusive como Conselheira Titular a ex-presidente da Comissão da Jovem Advocacia, Dra Iara Lima, que dentre tantos na atual composição representa fielmente a jovem advocacia e seus interesses. Ainda ocorreram os sorteios de bolsas de pós-graduações, a criação do projeto “CAJ NA UNIVERSIDADE”, que após tanta adesão e sucesso, transformou-se em uma comissão especial da Seccional, a qual visa a aproximação da Academia com a OAB de forma a transmitir um pouco de conhecimento e realidade à jovem advocacia, resgatando na academia o orgulho de exercer a profissão. Essas são ações que mudaram a história da OAB Tocantins.

 

Foi também a atual gestão do presidente Gedeon Pitaluga que abriu as portas da Ordem para os jovens advogados e advogadas do Estado. Hoje temos espaço, respaldo e voz ativa nas tomadas de decisão da OAB/TO, coisa que antes não tínhamos. Uma mudança de postura que demonstra a sensibilidade do presidente Gedeon Pitaluga com o futuro da advocacia.

 

As conquistas que a jovem advocacia obteve na atual gestão da Ordem foram históricas. Desprezar essas realizações é desprezar tudo que alcançamos ou desvirtuar todas nossas vitórias que são coletivas e beneficiam toda a advocacia no seu início de carreira. Os avanços foram muitos e reais, estão no dia a dia da advocacia jovem e no papel de protagonismo que conquistamos na atual gestão da OAB/TO. Uma demonstração clara de que uma nova história está sendo escrita na Seccional Tocantins da Ordem dos Advogados do Brasil. Uma história de respeito e valorização da jovem advocacia que promete ainda mais conquistas e realizações, por ser esse o compromisso da atual gestão assumido com aqueles que são o futuro da advocacia tocantinense e que dia após dia se mostram cada vez mais preparados profissionalmente para assumirem esse papel de liderança.

 

Matheus Martins

 

Advogado, presidente da Comissão da Jovem Advocacia (CAJ) da OAB Tocantins e especialista em Direito e Processo Civil. 

matheus-pmartins@outlook.com

Comentários (0)