Palmas, Tocantins -

Oportunidades


Palestra
416 visualizações

Encontro de Municípios realizado em Brasília tem foco em compras públicas

Parceiro do evento, Sebrae Tocantins promoveu missão para encontro que tem temas voltados ao desenvolvimento sustentável
- Atualizada em
Descrição: Palestra de compras públicas, em Brasília Ascom

O segundo dia do III Encontro dos Municípios com Desenvolvimento Sustentável (EMDS), que acontece em Brasília, teve como destaque a palestra “Compras Públicas Para o Estímulo à Economia Local”. Prefeitos, gestores públicos e Agentes de Desenvolvimento Local do Tocantins, participaram da palestra onde ouviram depoimentos de casos exitosos de políticas públicas em todo o Brasil.

 

Fez parte da programação as alterações implementadas pela Lei Complementar 147/2014, propostas de alterações ao decreto 6.204/07, critérios de sustentabilidade municipal, o papel do Tribunal de Contas no processo de fiscalização junto aos municípios e a parceria com o Sebrae, além de incentivo à formalização e desburocratização de atividades produtivas.

 

De acordo com o coordenador de Políticas Públicas do Sebrae, Francisco Ramos, é muito importante que os gestores do Tocantins ampliem seus conhecimentos referentes às compras governamentais. “O EMDS é um momento de reflexão, de compartilhamento de experiências e de formulação de novas soluções para os novos problemas que os municípios vivem e as compras públicas fazem parte desse processo de transformação”, explicou Ramos.

 

Para o agente de desenvolvimento de Xambioá, Alexandre Vaz, através da palestra e dos exemplos citados sobre o município de Maringá (PR) foi possível ver que as leis voltadas às micro e pequenas empresas funcionam na prática.

 

“Fiquei impressionado com as ações realizadas lá, que é reconhecida nacionalmente pelo seu desenvolvimento local. Percebi que em Maringá as diretrizes de políticas públicas são simples, porém de grande efetividade para o município e que podem ser aplicadas em Xambioá, a exemplo da infra estrutura e a participação dos empresários locais nas licitações”, argumentou o agente de desenvolvimento.

 

Segundo o gerente do Sebrae do Núcleo Regional Médio Norte, Alex Veras, o que lhe chamou mais a atenção foram as ações apresentadas pelo município de Guanambi (BA), onde 95% da demanda do município é adquirida dos empresários locais e desses 88% são micro e pequenos empreendedores. “A conquista desses resultados só foi possível através de boas estratégias, inovação e parceria com o Sebrae”, finalizou o gerente.