Policiais militares fazem curso de aperfeiçoamento que viabiliza promoções

1.579 policiais militares passaram pelo curso oferecido pelo Governo do Estado que, dentre outras ações, visa a melhoria da segurança pública

Curso atende mais de 1500 policiais militares
Descrição: Curso atende mais de 1500 policiais militares

Mais de 1.500 policiais militares passaram por capacitação para viabilizar suas promoções aos postos de sargento e cabo, além de habilitar a atuação nas áreas de combate ao narcotráfico e FBI - entrevista e interrogatório e de cinotecnia (conjunto de técnicas para criação e treino de cachorros).

 

O subcomandante da Academia de Polícia Militar Tiradentes, capitão Márcio Carvalho, contou que os cursos de aperfeiçoamento e habilitação foram oferecidos com duas finalidades. “A primeira é a de regularizar a situação de vários policiais militares que foram promovidos e estavam em uma situação irregular, pois não haviam passado pelo curso. A segunda é levar, para eles, conteúdos necessários para o exercício de suas novas funções”, explicou.

 

Qualificação

Os cursos são importantes para que haja a melhoria na prestação do serviço de segurança pública. “A sociedade ganha, o policial militar ganha e a Polícia Militar do Estado do Tocantins ganha, pois terá profissionais habilitados e qualificados a exercer as funções para as quais eles foram promovidos”, destacou o subcomandante.

 

“Eu vejo isso como um grande avanço na política de comando do coronel Glauber. A nossa tropa foi promovida ao longo do tempo, mas não foi qualificada, e as pessoas não tinham a formação necessária para fazer frente às demandas do posto”, explicou o subtenente Silvino Mendes, que participou do Curso Especial de Habilitação de Sargento (CEHS).

 

(Informações da Secom Tocantins - Atualizada com correção às 12h02)

Comentários (0)